Aguarde...

cotidiano

Covid-19: Campinas tem 25 mortes e 663 novos casos em 24h

Com a atualização a cidade chegou a quase 17 mil casos confirmados e 666 óbitos pela doença

| ACidadeON Campinas

Comércio na cidade foi aberto ontem, após liberação do Estado (Luciano Claudino/Código19)

Campinas atualizou nesta terça-feira (28) os casos de covid-19 na cidade. Segundo o boletim divulgado nesta manhã, a cidade soma mais 663 casos confirmados da doença, além de 25 novos óbitos.  

Com a atualização, o total de infectados chega a quase 17 mil, sendo 16.926 confirmados, e 666 vítimas fatais. Entre as mortes confirmadas hoje, estão 16 homens e nove mulheres. Três não apresentavam outras doenças, e sete tinham menos de 60 anos (veja a relação completa abaixo). Ainda segundo o boletim, a Saúde investiga 26 mortes e 637 casos suspeitos. 

Entre os casos confirmados, 446 estão internados em hospitais da cidade, e 14.876 já estão recuperados. Outros 938 permanecem em isolamento domiciliar, sendo monitorados pela Vigilância.  

Veja a relação das novas mortes confirmadas:

- Mulher, de 61 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 25 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 55 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 24 de julho em hospital público. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 73 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 17 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 25 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 92 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 26 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 94 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 24 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 60 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 26 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 84 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 27 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 59 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 25 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 82 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 91 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 24 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 75 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 26 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 62 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 28 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 62 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 25 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 66 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 25 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 38 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 26 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 75 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 25 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 35 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de maio em hospital privado. O exame foi clínico epidemiológico.

- Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 85 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital privado. O exame foi clínico epidemiológico.

- Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 27 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 28 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 27 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 80 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 27 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 49 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 24 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 58 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 27 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

Mais do ACidade ON