Aguarde...

cotidiano

Justiça proíbe homem de se aproximar de gerente após briga por máscara

Caso ocorreu na segunda-feira (27) quando homem de 45 anos se recusou a usar máscara; ele teria agredido funcionária e cliente

| ACidadeON Campinas

 

Caso ocorreu na segunda-feira (27) e homem teria agredido gerente e cliente no mercado (Foto: Pixabay)

A Justiça de Campinas proibiu um homem de 45 anos de se aproximar da gerente de um supermercado no bairro Cambuí após uma briga pelo uso da máscara de proteção contra o novo coronavírus. O caso ocorreu na segunda-feira (27) e ele teria agredido a funcionária que pediu o uso do equipamento de segurança.

Além da gerente, o homem também teria agredido uma cliente estrangeira que pediu pra que ele usasse a máscara e respeitasse o distanciamento social. De acordo com a decisão, a medida cautelar vale a partir de hoje.

Ele não pode se aproximar da funcionária nem fisicamente nem virtualmente. Na prática, o homem não pode entrar no supermercado, sob pena de crime de desobediência e até prisão.

Na delegacia, no dia da agressão, o homem negou que estivesse sem máscara no supermercado. Ele pode recorrer da decisão. A reportagem não conseguiu localizar o advogado do suspeito.

Mais do ACidade ON