Aguarde...

cotidiano

Ocupação de UTI cai novamente em Campinas e chega a 76,64%

Taxa é uma das menores desde o fim de maio; ontem, índice estava em 81,42%

| ACidadeON Campinas

Leitos de UTI no Hospital Ouro Verde (Foto: Arquivo/Carlos Bassan/PMC) 

Caiu novamente a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para pacientes graves de coronavírus em Campinas. O índice, o menor desde o fim de maio, chegou a 76,64% nesta terça-feira (4). Ontem, a taxa era de 81,42%. No domingo, 82,17%.

Segundo o boletim da Prefeitura de Campinas divulgado hoje, há 96 leitos livres na cidade, somando as redes pública e privada. No total, existem 411 leitos somente para covid-19 e, desses, 315 estão ocupados.

Ainda nesta terça, Campinas confirmou mais 20 mortes por coronavírus e chegou a 751 óbitos da doença. Há 19.443 moradores diagnosticados com a nova doença, também.

O boletim sobre a situação hospitalar específico do coronavírus do município separa os leitos por gestão. No SUS Municipal, a taxa de ocupação é de 78%. São 150 leitos ofertados, dos quais 117 estão ocupados.

Há 33 leitos livres. Segundo a Administração, o número total de leitos é menor hoje porque cinco deles, do Hospital Mário Gatti, estão bloqueados para regulação por conta da necessidade de isolamento de pacientes.

Na rede estadual - que envolve o AME (Ambulatório de Especialidades Médicas) e o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp - a taxa de ocupação é maior, de 84,95%. São 93 leitos oferecidos, dos quais 79 estão com pacientes. Há, portanto, 14 leitos livres.

E, por último, na rede privada, dos 168 leitos, 119 estão ocupados, o que equivale a 70,83%. Há 49 leitos livres.

TAXA DE OCUPAÇÃO DA REGIÃO

Apesar da taxa de Campinas estar abaixo de 80%, não é este índice um dos critérios usados pelo governo estadual para uma possível flexibilização da quarentena. A taxa usada é a do DRS (Departamento Regional de Saúde) VII, que engloba 42 cidades da região.

Segundo o Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados), o índice hoje na região de Campinas é de 67,1%. Na próxima sexta-feira (7), deve ser anunciado se a região passará de fase - atualmente, na segunda semana da fase laranja do Plano São Paulo.

Mais do ACidade ON