Aguarde...

cotidiano

Ocupação de UTI volta a subir e chega a 74,3% em Campinas

Leitos exclusivos para pacientes graves do novo coronavírus tiveram segundo alta seguida nesta sexta-feira (4) após estabilização

| ACidadeON Campinas

HC de Campinas (Foto: Luciano Claudino/Codigo 19/Codigo 19) 

Pelo segundo dia seguido, a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para pacientes graves do novo coronavírus subiu em Campinas. Segundo levantamento diário da Prefeitura, a ocupação está em 74,3% nesta sexta-feira (4). Ontem estava em 73,39%, após estabilização nos dois anteriores.

Segundo a Administração, hoje a cidade tem 323 leitos de UTI para covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 240 estão ocupados. Há 83 leitos livres somando as redes pública e particular.

Ainda hoje, foram confirmadas mais seis mortes e 153 casos de pessoas contaminadas pelo coronavírus na cidade. Com isso, Campinas contabiliza até o momento 1.059 óbitos, e 28.983 pacientes infectados. Além disso, a cidade foi mantida na fase amarela do Plano São Paulo do governo estadual.

Em relação aos leitos, a maior ocupação está na rede particular, com 76,32% dos leitos sendo utilizados. São 114 leitos, dos quais 87 estão ocupados.

Em segundo lugar vem o no SUS municipal, com 75,18%. No total são 141 leitos, dos quais 106 estão ocupados. Há 35 leitos livres.

Por fim, no SUS estadual - que são os equipamentos do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e HC (Hospital de Clinicas) da Unicamp, a taxa é de 69,12%. São 68 leitos, dos quais 47 estão ocupados.

Mais do ACidade ON