Aguarde...

cotidiano

Pandemia: multa por embriaguez no volante cresce 88,8% em Campinas

Dados do Detran mostram que mais motoristas estão sendo punidos por beberem e dirigirem; especialista acredita que aumento de consumo alcoólico na pandemia pode ser um dos motivos

| ACidadeON Campinas

Multas por embriaguez ao voltante crescem durante pandemia de coronavírus (Foto: Reprodução/EPTV Campinas) 

O número de motoristas que foram punidos por beberem e dirigirem aumentou 88,8% entre os meses de abril a junho deste ano em Campinas. Os dados são do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de São Paulo e são referentes ao aumento entre abril e junho.

Em abril, foram 27 ocorrências do tipo enquanto em junho o número aumentou para 51. Ainda em maio foram 35 motoristas multados por dirigirem alcoolizados.

Para o coordenador de relacionamento do Observatório Nacional de Segurança Viária, Marcius d'Ávila, são dois os motivos que pode influenciar no aumento das punições. "Aumentou o consumo de bebida alcoólica durante o período, em média 30% a mais. E com a suspensão das notificações, as pessoas estão com a falsa sensação que não serão multadas", disse.

Lembrando que dirigir sob efeito de álcool é infração considerada gravíssima, com suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) por 12 meses e multa de R$ 2.934,70. Se houver reincidência no período de um ano, o valor é dobrado e a CNH é cassada. 

(Com informações da EPTV Campinas)

Mais do ACidade ON