Aguarde...

cotidiano

Com acréscimo de 3 leitos, ocupação de UTI cai de novo em Campinas

Cidade teve segunda queda seguida na taxa de ocupação de leitos complexos para pacientes de coronavírus; hoje, taxa está em 61,19%

| ACidadeON Campinas

Campinas tem 286 leitos de UTI para pacientes graves do novo coronavírus nesta sexta-feira

Apesar da redução de 15 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) ontem e o acréscimo de três hoje, a taxa de ocupação em Campinas registrou mais uma queda nesta sexta-feira (18). Hoje, o município está com 61,19% dos leitos complexos para pacientes do novo coronavírus ocupados.

Ontem, a taxa era de 63,25%. Nesta sexta, a cidade tem 286 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 175 estão ocupados. Há 111 leitos livres somando as redes pública e particular.

Os três leitos a mais foram na rede privada, que ontem havia transformado os leitos para gerais. Das três gestões, a que mais está pressionada é justamente a particular, com taxa de ocupação de 65,22%. São 92 leitos, dos quais 60 estão ocupados. Há 32 leitos livres.

Em segundo lugar está o SUS estadual, com 60,32% de ocupação. São 63 leitos, dos quais 38 estão ocupados. Há 25 leitos vagos. Na rede municipal, o índice é de 58,78%. São 131 leitos, dos quais 77 estão ocupados. Há 54 leitos livres.

De acordo último boletim epidemiológico divulgado hoje em Campinas, a cidade tem até o momento 1.175 vítimas fatais de covid-19 e 31.390 pessoas infectadas desde março.

Mais do ACidade ON