Aguarde...

cotidiano

Lotado, PS do HC da Unicamp suspende novos atendimentos

Com lotação de 100% da UTI-Covid, hospital anunciou medida que vale por 24 horas; unidade está operando com 357% da capacidade operacional

| ACidadeON Campinas

HC da Unicamp (Foto: Caius Lucilius/HC Unicamp) 

O PS (Pronto-Socorro) do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp anunciou nesta segunda-feira (11) a suspensão de novos atendimentos após atingir 100% de lotação na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de covid-19. São no total 17 leitos, todos ocupados hoje. Na ala de enfermaria para covid, com 32 leitos, somente um está disponível.

Além disso, de acordo com o hospital, o PS está atendendo com 357% da capacidade operacional atualmente. Em relação aos leitos não-covid, por exemplo, de 33 unidades de UTI apenas uma está disponível. Já na enfermaria não-covid, estão disponíveis apenas dois leitos.

A medida, anunciada hoje, vale por 24 horas, podendo ser prorrogada. Segundo o superintendente do HC Antônio Gonçalves Oliveira Filho, além dos atendimentos também foram suspensas as cirurgias eletivas. Com isso, somente os casos mais graves serão atendidos pela equipe.  

"Estamos numa situação bastante grave de superlotação, muito além da capacidade. Isso gera uma grande insegurança quanto a chegada de novos pacientes. Não temos vaga para acomodar essa demanda e sem espaço para ter atendimento com segurança", disse.

Ainda segundo ele, a equipe médica não tem mais capacidade física nem profissional pra atender mais pacientes e que, por isso, pediu para o Sistema Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde) não enviar novos casos para a Unicamp.

Ainda segundo boletim divulgado nesta segunda, Campinas confirmou mais 11 mortes e 501 novos casos. No total, desde março do ano passado, a cidade tem 1.516 óbitos pelo novo coronavírus e 53.288 moradores já se infectaram - leia mais aqui.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON