cotidiano

Especial coronavirus

Campinas tem panelaço contra Bolsonaro em alta de casos de covid

Campineiros bateram panelas contra presidente nesta sexta-feira (15) em meio a incerteza sobre a data de vacinação e a crise na saúde de Manaus

| ACidadeON Campinas -

Panelaço foi registrado no bairro do Cambuí, em Campinas (Foto: Sarah Brito/ACidade ON Campinas) 

Campinas registrou na noite desta sexta-feira (15) panelaços em bairros da cidade contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que enfrenta críticas por conta da sua postura em relação à pandemia do novo coronavírus, em meio a alta de casos, e também pela crise vivida em Manaus - com mortes por falta de oxigênio em hospitais.

Em Campinas, os bairros do Centro, Bosque e Cambuí, Vila Itapura e Paulicéia tiveram registros de protestos e gritos pedindo a vacinação imediata da população contra a covid. O panelaço foi organizado pelas redes sociais, onde circulou hoje uma arte convocando para o protesto às 20h30.  

LEIA TAMBÉM 
Ocupação de UTI-Covid sobe mesmo com abertura de leitos em Campinas  
De Manaus, paciente com sintomas de covid chega em Campinas  
Covid: Campinas tem mais 13 mortes e passa de 55 mil casos  
 



Em relação à vacina, o Itamaraty confirmou hoje o atraso da entrega das vacinas da Índia e a situação foi criticada pelo ex-prefeito de Campinas e presidente da FNP (Frente Nacional de Prefeitos). Isso porque o ministro de Saúde, Eduardo Pazuello, havia garantido ontem a prefeitos de mais de 130 cidades a vacinação para os dias 20 ou 21 de janeiro - leia mais aqui.

No entanto, o país manifestou intenção de ajudar o Brasil "nos próximos dias", mas sem uma data específica para que as doses da vacina de Oxford/AstraZeneca sejam liberada.

Mais notícias


Publicidade