Aguarde...

cotidiano

Campinas atinge 100% de ocupação de UTIs durante a madrugada

A situação mudou durante este sábado e agora a cidade conta com três leitos de UTI-Covid disponíveis na rede pública

| ACidadeON Campinas

Hospital Ouro Verde, de Campinas (Foto: Divulgação) 

A Prefeitura de Campinas confirmou que a cidade atingiu, durante algumas horas da madrugada deste sábado (23), 100% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 na rede pública. 
 
LEIA MAIS 
Pandemia: reveja as regras das fases laranja e vermelha em Campinas
 
Covid-19: ocupação de enfermaria atinge taxa de 98,3%

Segundo o prefeito Dário Saadi (Republicanos), a situação melhorou e agora a cidade conta com três leitos disponíveis na rede pública. Segundo o último balanço, a rede particular tem 29 leitos livres.

"Estamos com um plano de ampliação com mais 15 leitos no Hospital Ouro Verde. Além disso, estamos em contato com o governo do Estado para que os leitos da rede estadual sejam ampliados", disse.

Segundo Dário, durante a pandemia, o HC (Hospital de Clínicas) chegou a ter 93 leitos de UTI para covid-19, mas atualmente tem apenas 17 vagas.  
 
A cidade também está em alerta, porque pela primeira vez desde o início da pandemia, em março do ano passado, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria para tratamento de pacientes com covid-19 chegou a 98,3% nesta sexta-feira (leia mais aqui).

Hoje Campinas tem 57.870 casos confirmados de covid-19. Já o total de óbitos está em 1.595 ocorrências.

REGIÃO

Artur Nogueira também enfrenta ocupação máxima nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Em nota, a Prefeitura disse que os casos e internações voltaram a subir logo após as festas de fim de ano.

Com isso, os quatro leitos de urgência e emergência para covid-19 do município estão com taxa de 100% de ocupação.

"Na última sexta-feira (15), o Governo de Estado já havia colocado Artur Nogueira em estado de atenção por estar com ocupação hospitalar de pacientes graves com coronavírus acima de 80%", disse a Administração em nota.

MUDANÇA DE FASE

A partir da próxima segunda-feira (25), a região de Campinas vai regredir de fase do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena de combate ao coronavírus. Além do regresso para a fase laranja, todas as regiões do Estado terão ainda que seguir uma fase vermelha noturna durante a semana (a partir das 20h até as 6h) e também aos finais de semana (dia e noite).

Até então na fase amarela, o DRS de Campinas (Departamento Regional de Saúde de Campinas) ficará agora na fase laranja, mais restritiva (com a redução de horário de funcionamento de comércio e serviços e menor capacidade de ocupação destes locais). O retrocesso veio em meio ao aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para covid-19 e o de novos casos da doença por número de habitantes.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON