Aguarde...

cotidiano

Campinas tem aumento de casos graves em pessoas mais novas

Além disso, entre 8% e 10% dos novos internados na metrópole são pessoas sem comorbidades

| ACidadeON Campinas

Anúncio foi feito do prefeito Dário Saadi (Foto: Denny Cesare/Código19) 

A Secretaria de Saúde de Campinas divulgou que notou um aumento dos casos graves entre pessoas mais novas e sem comorbidades infectadas pela covid-19.

Segundo o Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), as internações de crianças com até 9 anos chamaram atenção, o que não era registrado anteriormente, além de uma alta de hospitalizações e mortalidade em pessoas abaixo de 60 anos, principalmente nos grupos entre 40 e 59 anos.

Além disso, a diretora do Devisa, Andrea von Zuben, destacou que entre 8% e 10% dos novos internados na metrópole são pessoas sem comorbidades, ou seja, com outras doenças associadas.

"É muito importante abrir leitos, mas é impossível a gente abrir tanto leito se continuar da mesma forma que vem ocorrendo a transmissão em Campinas. Nossa ideia é que a curva pare aqui, para não ultrapassar o que vivemos em julho", disse Andrea.

FASE VERMELHA

Durante a live, a Prefeitura anunciou nesta segunda-feira (22) uma fase vermelha municipal a partir de amanhã, entre às 21h e 5h da manhã - incluindo aos finais de semana. Com isso, só poderão funcionar serviços essenciais durante o período devido ao aumento de casos de coronavírus e a pressão na rede de saúde (leia mais aqui).


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON