Aguarde...

cotidiano

UTI-Covid de Vinhedo está há 17 dias com lotação máxima

Prefeitura de Vinhedo anunciou ocupação de 100% desde o dia 8 de fevereiro; Saúde pediu para moradores evitarem aglomerações

| ACidadeON Campinas

Rede de saúde está pressionada na cidade (Foto: Divulgação/Prefeitura de Vinhedo) 

A Secretaria de Saúde de Vinhedo informou hoje que tem registrado 100% de ocupação dos leitos UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) exclusivos para covid-19 desde o dia 8 de fevereiro. Antes disso, a ocupação foi menor que 100% em apenas dois dias, informou a Prefeitura.

Em janeiro, a situação também foi semelhante e a taxa ficou abaixo da lotação máxima em apenas seis dias. Por conta da pressão na rede, a Administração Municipal informou que enviou um documento ao governo estadual solicitando a ampliação dos leitos de UTI.

A pasta também pediu aos moradores para evitarem aglomerações e seguir todas as medidas de segurança de combate ao vírus, como uso de máscara e distanciamento.  

Leia também: Secretário cita "limite" da Saúde em Campinas e pede ajuda ao Estado

OS LEITOS

Atualmente, Vinhedo tem oito leitos isolados para pacientes de UTI com covid-19 e 29 respiradores, alguns deles móveis, em carrinhos, que podem ser utilizados para pacientes que precisam de estabilização ou que estão em situação mais grave.  

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e o PA (Pronto Atendimento) Capela de Vinhedo têm ao todo três leitos com respirador para estabilização de pacientes com coronavírus. A Saúde conta ainda com 35 leitos de enfermaria na Santa Casa, para casos que não são de UTI, e cinco leitos no centro cirúrgico do hospital que podem ser usados em situação de emergência.  

COVID

Boletim epidemiológico de Vinhedo mostra que a cidade tem 65 mortes por covid-19 e 4.207 casos confirmados desde março de 2020. Até o momento, a Saúde não detectou a nova variante do coronavírus.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON