Aguarde...

cotidiano

Busca por tratamento em casa aumenta até 30% na região de Campinas

Desde o ano passado, as empresas que trabalham com consultas e tratamentos em casa sentiram aumento entre 25 a 30%

| ACidadeON Campinas

Imagem ilustrativa (Foto: Karen Fontes/Código19) 

Com a pandemia de covid-19 e a necessidade do distanciamento social, as famílias da região de Campinas têm procurado cada vez mais empresas que oferecem serviços de tratamento médico a domicílio. Desde o ano passado, as empresas que trabalham com consultas e tratamentos em casa sentiram aumento entre 25 a 30%.

Uma delas fica em Indaiatuba. O diretor executivo Bruno Duarte Ghidini afirmou que a procura aumento 30% neste ano em comparação ao ano passado. Segundo ele, a maior dos pacientes estão com algum tipo de receio de ser atendido em hospitais e consultórios médicos por conta da covid-19.

"Praticamente tudo o que o paciente tinha no hospital a gente consegue fazer em domicílio", contou. Em Campinas, a enfermeira Camila Melo que trabalha em um serviço de atendimento a domicílio estima que o aumento foi de 28%. No caso dela, a maioria dos pacientes são crianças, idosos e pessoas que tiveram sequelas após serem infectadas pelo coronavírus.

Uma paciente de 15 anos que utiliza esse acompanhamento médico é a filha da Elaine Campos. Ela preciso de tratamento médico por conta de complicações no nascimento. Com a pandemia e o perigo da contaminação, a mãe decidiu mantê-la apenas em casa.

"Um grupo multidisciplinar que cuida dela. Devido a pandemia, decididos não fazer o presencial por medo de contágio. Desde março ela não sai de casa", disse.

PLANO DE SAÚDE

A advogada Larissa Fontolon explica que todas as pessoas que contrataram um plano de saúde podem pedir esse tratamento médico em casa. Com a pandemia, os planos estão mais abertos para esse tipo de negociação, explicou.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON