Aguarde...

cotidiano

Quase dois meses depois, HC da Unicamp retoma cirurgias eletivas

Retomada de procedimentos será de forma gradual e nova sala cirúrgica foi preparada após suspensão

| ACidadeON Campinas

HC da Unicamp (Foto: Denny Cesare/Código19) 

Após quase dois meses da suspensão das cirurgias eletivas, no dia 9 de março, o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, em Campinas, vai retomar os procedimentos de forma gradual a partir desta terça-feira (4). De acordo com o hospital a retomada será feita em uma nova sala cirúrgica.

No começo de março, quando a pandemia de covid-19 se agravou em Campinas, com o aumento de casos e internação, o HC decidiu suspender os atendimentos e também as cirurgias que não têm urgência de serem realizadas. Na época, a decisão foi do GT (Grupo de Trabalho) de crise da unidade e a ocupação no PS (Pronto Socorro) estava em 350%.

Inclusive, março foi o mês mais letal da pandemia de covid na cidade (leia mais aqui). Agora, o HC informou que a nova sala cirúrgica foi preparada para as cirurgias, o que não deve prejudicar o atendimento dos pacientes sintomáticas de covid-19.

Atualmente, o hospital da Unicamp tem 40 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para covid. Hoje, a ocupação era de 57,5%, com 23 desses leitos ocupados. Em relação à suspensão do atendimento, a última vez que isso ocorreu devido a lotação no PS foi no dia 11 de janeiro, quando o HC tinha 17 leitos.

CIRUGIAS REALIZADAS

Apesar da suspensão das cirurgias eletivas, algumas deles que foram classificadas como importantes foram realizadas. Em abril foram 168 procedimentos eletivos foram feitos e 308 cirurgias de urgência.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON