Aguarde...

cotidiano

Covid-19: Maternidade de Campinas confirma morte de gestante de 35 anos

Este é o terceiro óbito por covid registrado na instituição de Campinas, sendo o primeiro em gestante

| ACidadeON Campinas

Maternidade de Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19) 

A Maternidade de Campinas confirmou no final da tarde desta terça-feira (11) a morte por covid-19 de uma gestante de 35 anos. Segundo o hospital, ela estava com 24 semanas de gestação e faleceu às 11h55, após ficar internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde o dia 11 de abril.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, este é o terceiro óbito por covid-19 registrado na instituição, sendo o primeiro de uma gestante. Os outros dois óbitos registrados foram de puérperas (que deram à luz recentemente).

Uma era diabética tipo 1, tinha 28 anos e faleceu no dia 26 de março e, a outra, de 30 anos, no dia 31 de março (leia mais abaixo). Atualmente, a Maternidade de Campinas informou que está com duas puérperas com covid-19 internadas na UTI adulto e com um bebê, na UTI Neonatal, em observação, por ter nascido de uma mãe suspeita da doença.

OUTRO CASOS


O caso mais recente foi confirmado no dia 1º de abril, quando uma mulher de 30 anos faleceu na Maternidade. Ela morreu no dia 31 de março às 22h15 e estava internada desde o dia 26 de março na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) - a mesma data que teve o bebê. O recém-nascido teve alta do hospital no dia 29.

Na semana anterior ao 2º caso, uma mulher de 28 anos, com diabetes, também morreu na Maternidade por conta do coronavírus. O bebê dessa vítima ficou internado na UTI Neonatal, mas evoluiu bem após o tratamento.

De março a dezembro do ano passado, 126 gestantes apresentaram suspeitas de coronavírus, sendo que 52 testaram positivo, segundo o hospital. Por mês, a Maternidade realiza cerca de 850 partos.

DEVISA

Ainda de acordo com o Devisa (Departamento de Vigilância de Campinas), há uma terceira morte de uma mulher que havia acabado de fazer o parto com covid na cidade. No entanto, a Prefeitura não revelou em qual hospital o óbito foi registrado.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON