cotidiano

Especial coronavirus

Covid-19: governo Doria deve fazer nova reclassificação do Plano SP hoje

Anúncio está programado para coletiva on-line às 12h45 na capital; Campinas e outras regiões paulistas estão no momento na fase de transição da flexibilização da quarentena de covid-19

| ACidadeON Campinas -

Coletiva da última semana do governo estadual (Foto: Governo do Estado de São Paulo) 

O governo estadual pretende antecipar para estar quarta-feira (19) a reclassificação do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena de covid-19. A atual fase de transição - prorrogada no dia 7 de maio - tem validade até o domingo (23). Ontem, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a coletiva será antecedida por uma reunião do Centro de Contingência do Coronavírus. 
 
ATUALIZAÇÃO AQUI - Doria prorroga fase de transição até dia 31, com flexibilização em junho

A afirmação foi feito ao canal de notícias CNN. Esta reunião é feita entre os gestores do governo para avaliar os números da pandemia de covid-19, incluindo taxa de ocupação de leitos e tendência de casos e mortes (veja dados abaixo).

"Teremos uma coletiva de imprensa, que será antecedida por uma nova reunião do conselho que compõe o Centro de Contingência do Coronavírus. "Poderemos, aí sim, tendo a liberação por parte do Centro de Contingência, anunciar uma nova etapa a partir do dia 24 de maio", disse Doria.

Ontem, a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde estadual confirmou ao ACidade ON que a coletiva do governo estadual está marcada, assim como a antecipação da reclassificação de São Paulo.

A FASE DE TRANSIÇÃO

Atualmente, a fase de transição ampliou ampliou o horário do funcionamento de serviços e também a capacidade de operação. Essa fase foi criada no dia 16 de abril, ficando entre a fase emergencial (a mais restritiva) e a fase vermelha (leia mais aqui)

Nesta fase de transição, o funcionamento de atividades comerciais, restaurantes, serviços e áreas comuns de condomínios está autorizado das 6h às 21h, com 30% da capacidade. O toque de recolher é das 21h às 5h.

OS DADOS

No estado de São Paulo como um todo, segundo dados mais recentes da Fundação Seade, a ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para covid é de 78,5%. Já a de leitos de enfermaria, 59,7%. Ontem, foram 2.178 novas internações no dia (entre casos suspeitos e confirmados) - o que é uma variação positiva semanal de 2,9%.

No total, o estado tem 3.096.845 casos confirmados (variação semanal positiva de 13,6%) e 104.295 mortes de covid (queda semana de 6,5%).

Já na região de Campinas, chamada de DRS 7 (Departamento Regional de Saúde), a ocupação da enfermaria é de 59,7% e de UTI-Covid, 78,5%. Até o momento, 333.948 casos foram confirmados na região (aumento de 8,5% entre as semanas) e 9.826 óbitos (diminuição de 25,9% no período).

Mais notícias


Publicidade