Aguarde...

cotidiano

UTI-Covid: Campinas abre mais leitos, mas ocupação não cai

A fila de espera de pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19 por leitos de enfermaria ou UTI-Covid também teve crescimento

| ACidadeON Campinas

 

A Secretaria de Saúde de Campinas divulgou, na tarde desta terça-feira (8), que a cidade abriu 12 novos leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde. Mesmo assim, a taxa de ocupação não caiu.

De acordo com a Pasta, ontem a cidade tinha 396 leitos de UTI-Covid, sendo que 367 estavam ocupados. Hoje são 408 leitos, porém, 383 não estão livres - uma taxa de ocupação de 93,87%. Há 25 leitos livres nas redes municipal, estadual e privada.

A fila de espera de pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19 por leitos de enfermaria ou UTI-Covid também teve crescimento em relação ao último dado divulgado.

Hoje há 18 pacientes à espera por leitos Covid-19 de UTI e nenhum de enfermaria. Anteriormente eram 14 pessoas nesta situação.

No total, há 442 pacientes internados em enfermaria Covid e 383 em UTI-Covid.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 168 leitos, dos quais 165 estão ocupados, o que equivale a 98,21%. Há três leitos livres.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 31 estão ocupados, o que equivale a 77,5%. Há nove leitos livres.

Particular: 200 leitos, dos quais 187 estão ocupados, o que equivale a 93,5%. Há 13 leitos vagos.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON