Aguarde...

cotidiano

UTI-Covid: ocupação tem pequena queda em Campinas nesta sexta

Apesar da queda, o SUS de Campinas está apenas com três leitos livres de UTI-Covid

| ACidadeON Campinas

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação) 

A Secretaria de Saúde de Campinas divulgou, no começo da tarde desta sexta-feira (11), que a ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde teve uma pequena queda em relação a ontem.

Na quinta-feira, a cidade atingiu, nesta quinta-feira (10), após 58 dias, o maior número de internados em leitos de UTI-covid.

De acordo com a Secretaria de Saúde, hoje Campinas conta com 429 leitos de UTI-Covid. Deste total, 397 estão ocupados, o que corresponde a 92,5%. Há 32 leitos livres nas redes municipal, estadual e privada.

CASOS E LEITOS


A Prefeitura de Campinas também atualizou os dados da pandemia do novo coronavírus. O município registrou mais 421 casos da doença, totalizando 106.095 casos. Além disso, número de óbitos aumentou em 14, chegando a 3.465 mortes pela doença.

As novas vítimas são sete homens e sete mulheres. Uma delas não apresentava comorbidades e 13 tinham outras doenças. Com relação à faixa etária, oito tinham mais de 60 anos e seis tinham menos de 60 anos de idade.

FILA DE ESPERA

A fila de espera de pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19 por leitos de enfermaria ou UTI-Covid teve uma queda em relação ao último dado divulgado.

Hoje há sete pacientes à espera por leitos covid-19 de UTI e nenhum de enfermaria. Anteriormente eram 13 pessoas nesta situação.

No total, há 463 pacientes internados em enfermaria Covid e 402 em UTI Covid.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 162 leitos, dos quais 160 estão ocupados, o que equivale a 98,80%. Há dois leitos livres.

SUS Estadual: 30 leitos, dos quais 29 estão ocupados, o que equivale a96,66 %. Há um leito livre.

Particular: 237 leitos, dos quais 208 estão ocupados, o que equivale a 87,76%. Há 29 leitos vagos.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON