cotidiano

Especial coronavirus

Com 59% de ocupação, UTI-Covid de Campinas registra aumento

Cidade contabiliza um leito a menos em relação ao último balanço e número de internados aumentou; veja situação hospitalar

| ACidadeON Campinas -

Hospital Mário Gatti (Foto: Denny Cesare/Código19)
 

Levantamento da Prefeitura de Campinas divulgado nesta segunda-feira (4) apontou um aumento na taxa de ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de covid-19 em hospitais públicos e privados da cidade.

Hoje, a ocupação está em 59,42%. No balanço de sexta-feira (1º), o último divulgado pela Administração, o índice estava em 58,17%. Aos finais de semana, os dados não são divulgados.

De acordo com o balanço de hoje, Campinas conta com 207 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde.

Deste total, 123 estão ocupados, o que corresponde a 59,42%. Com isso, há 84 leitos livres nas redes municipal, estadual e privada.

Em comparação ao último balanço, o número total de leitos diminuiu, enquanto o total de internados aumentou. A redução de um leito ocorreu na rede particular. Além disso, na sexta o número de internados era de 121.

O balanço desta segunda apontou ainda que não há pacientes à espera por leitos covid-19. No total, há 167 pacientes internados em enfermaria covid e 123 em UTI-Covid.

VEJA COMO ESTÃO OS LEITOS

SUS Municipal - 74 leitos, dos quais 49 estão ocupados, o que equivale a 66,21%. Há 25 leitos livres.

SUS Estadual - 45 leitos, dos quais 28 estão ocupados, o que equivale a 62,22%. Há 17 leitos livres.

Particular - 88 leitos, dos quais 46 estão ocupados, o que equivale a 52,27%. Há 42 leitos livres.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Hoje também a Prefeitura de Campinas atualizou o boletim epidemiológico de covid-19. No total, foram oito mortes de coronavírus e mais 94 novos casos.

Com a atualização, a cidade tem 4.503 vidas perdidas para a doença e 139.747 moradores que se infectaram desde o começo da pandemia, em março de 2020.

Mais notícias


Publicidade