cotidiano

Especial coronavirus

Campinas terá mais 44 leitos para síndromes respiratórias

Serão 20 leitos de UTI, 24 de enfermaria e investimento de R$ 13 milhões

| ACidadeON Campinas -

Leito de UTI na cidade de Campinas (Foto: Carlos Bassan/PMC)
 

Campinas vai contar com mais 44 leitos exclusivos para pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) no SUS MUnicipal até o final desta semana.

A compra dos novos leitos acontece em meio a alta de casos de doenças respiratórias, inclusive a covid-19.

O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira (24) pela pasta de Saúde, que confirmou que 10 vagas de enfermaria e 10 UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) já estão em operação.

"Os 24 restantes estão em fase de assinatura de contrato. As estruturas foram negociadas com os hospitais Beneficência Portuguesa e Irmandade de Misericórdia (Santa Casa), integrada ao Hospital Irmãos Penteado", informou o comunicado da Prefeitura.

A medida vai custar R$ 13 milhões ao município. O contrato com a Beneficência, por exemplo, tem vigência de 180 dias e valor de R$ 6,3 milhões. Assinado na semana passada, o documento garante 10 leitos de UTI e 10 de enfermaria a partir de hoje. 

Já no acordo com a Irmandade, a Prefeitura negociou 10 leitos de UTI e 14 de enfermaria no valor de R$ 6,9 milhões. O contrato, também com vigência de seis meses, deve ser assinado ainda ao longo desta semana.

Publicidade