cotidiano

Especial coronavirus

Ocupação de UTIs-SRAG para crianças é de 78,72% em Campinas

Taxa entre os adultos cai para 56%; cidade também atualizou o total de vacinados

| ACidadeON Campinas -

Leito no hospital Ouro Verde (Foto: PMC/Divulgação)
 

Campinas divulgou nesta terça-feira (29) que as UTIs (unidades de terapia intensiva) infantis exclusivas para pacientes com SRAG (síndromes respiratórias agudas graves) recebem atualmente 74 crianças.

Conforme o boletim da Saúde, a taxa corresponde a 78,72% do total de 94 leitos.
Os leitos de UTI infantil estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal - 29 leitos, dos quais 26 estão ocupados, o que equivale a 89,66%. Há 3 leitos livres.

SUS Estadual 20 leitos, dos quais 19 estão ocupados, o que equivale a 95%. Há 1 leito livre.

Particular 45 leitos, dos quais 29 estão ocupados, o que equivale a 64,44%. Há 16 leitos livres.

UTIs-SRAG PARA ADULTOS

A secretaria também detalhou como estão os leitos de UTI Adulto. São 92 vagas para pacientes com SRAG nas redes pública e particular de saúde.

Do total de leitos, 52 estão ocupados, o que corresponde a 56,52%. Há 40 leitos livres nas redes municipal e privada (veja detalhamento abaixo).

Há atualmente 13 pacientes adultos com covid-19 internados em UTI e 31 em enfermaria. Os leitos de UTI adulto estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal - 41 leitos, dos quais 19 estão ocupados, o que equivale a 46,34%. Há 22 leitos livres.

SUS Estadual 10 leitos, dos quais 8 estão ocupados, o que equivale a 80%. Há 2 leitos livres.

Particular 41 leitos, dos quais 25 estão ocupados, o que equivale a 60,98%. Há 16 leitos livres.

VACINAÇÃO

A Prefeitura detalhou ainda o total de doses aplicadas contra a covid-19 até o momento: 2.643.760.
Veja outros dados das vacinas:

1ª dose: 1.043.786
2ª dose: 985.689
Dose única: 33.262
Dose adicional: 581.023

CASOS E MORTES


Campinas também divulgou hoje mais duas mortes de covid-19, segundo o boletim divulgado pela secretaria de Saúde.

A cidade também contabilizou 2.003 novos casos da doença e disse novamente que "a maioria dos casos refere-se a dados represados de janeiro e fevereiro, de exames laboratoriais".

Com essas atualizações, o município chegou a 5.016 vidas perdidas e 193.714 diagnósticos positivos de coronavírus desde o começo da pandemia, em março de 2020.

AS VÍTIMAS

Uma vítima era homem e uma era mulher. As duas tinham doenças anteriores (comorbidades) e mais de 60 anos de idade. Veja:

- Mulher de 62 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 1º de março.
- Homem de 87 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 23 de março.

Publicidade