Aguarde...

cotidiano

Prova da 2ª edição do vestibular indígena é aplicada hoje

A 2ª edição do vestibular indígena da Unicamp conta com mais que o dobro de inscritos em relação ao ano passado. 1.600 estudantes fazem a prova hoje

| ACidadeON Campinas

 

A 2ª edição do vestibular indígena da Unicamp conta com 1.000 inscritos a mais do que ano passado (Foto: Denny Cesare/Codigo19)

A 2ª edição do vestibular indígena da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) é aplicado neste domingo (1º) em Campinas e em diversas cidades do país. Nesta edição, o vestibular conta com 1.675 inscritos, mil a mais que ano passado. 

A prova será aplicada hoje, a partir das 13h, pela Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp).  A prova será em língua portuguesa, composta de 50 questões de múltipla escolha e uma redação.

O exame será aplicado em seis cidades do país: Bauru (SP), Campinas (SP), Caruaru (PE), Dourados (MS), São Gabriel da Cachoeira (AM) e Tabatinga (AM).  

As duas cidades com maior número de inscritos para realizar a prova são do Amazonas: Tabatinga, com 837 candidatos e São Gabriel da Cachoeira, com 513 inscritos. A cidade de Tabatinga foi inserida no Vestibular Indígena esse ano. 

MAIS CANDIDATOS 

Neste ano, o vestibular indígena da Unicamp contou com 1.675 inscritos, são 1.065 candidatos a mais que a 1º edição do vestibular indígena da universidade, aplicado no ano passado. É uma diferença de 274,6%. em relação à primeira edição.

Além de mais canditados, na edição deste ano também houve ampliação das vagas oferecidas por essa modalidade de ingresso, que passaram de 72 para 96. Também houve a inserção de sete novos cursos. 

Os cursos mais procurados são: Enfermagem (398 inscritos), Farmácia (165), Pedagogia (103), Nutrição (95), Administração (88), Educação Física (82), Ciências Biológicas (55), Administração Publica (49), Educação Física Noturno (47) e Engenharia Elétrica (46). 

*Com informações da assessoria da Unicamp

Mais do ACidade ON