ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Polícia Civil faz megaoperação para prender quadrilha

A Polícia Civil do Estado deflagou na manhã desta quinta-feira (28) a Operação Homem de Ferro para efetuar a prisão de criminosos especializados em roubo à empresas de valores

| ACidadeON/Campinas

Operação da Polícia Civil ocorre na região de Campinas. (Foto: Código 19)

A Polícia Civil do Estado deflagou na manhã desta quinta-feira (28) a Operação Homem de Ferro para efetuar a prisão de criminosos especializados em roubo à empresas de valores. A ação cumpre mandados de buscas e apreensão na região de Campinas, Capital, Grande São Paulo, além de Piracicaba, Rio Claro, Presidente Prudente e Araçatuba. Na região de Campinas são oito alvos. Até agora foram apreendidos celulares, munição e drogas.

A investigação é comandada pela Delegacia Seccional de Araçatuba que investiga o roubo à Empresa Protege de Araçatuba, ocorrido no início da madrugada do dia 16 de outubro de 2017. Na ação criminosos com armamento forte, explodiram o prédio da empresa de valores, subtraindo R$ 10  milhões e, simultaneamente, mataram um Policial Civil e atacaram com disparos de arma de fogo o Comando da Polícia Militar de Araçatuba (CPI-10).
Durante as investigações foi possível apurar como a organização criminosa, através de células compartimentadas, planejou e executou o roubo em Araçatuba.

As atuações de campo ocorrem de forma simultânea em todo o Estado de São Paulo (Capital, Grande São Paulo, Região de Campinas, Piracicaba, Rio Claro, Presidente Prudente e Araçatuba); além de outros Estados da Federação (Mato Grosso do Sul, Goiás, Piauí e Minas Gerais) e Penitenciárias. 

Ao todo estão sendo cumpridos 24 mandados de Prisões Temporárias e 147 Mandados de Busca e Apreensão e no momento participam da megaoperação em torno de 600 Policiais Civis; 150 viaturas, além do helicóptero Pelicano da Polícia Civil. 

Veja também