Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Dupla é presa com 70 quilos de explosivo no Jd. do Lago

Carlos Eduardo Pereira de Sousa e Simone Helena Caminhada foram detidos e levados para o DEIC em São Paulo

| ACidadeON Campinas

 

Dupla foi levada para São Paulo. Foto: Reprodução EPTV

Um homem e uma mulher foram presos com 70 quilos de explosivos na noite de ontem no Jardim do Lago, em Campinas. A polícia suspeita que o material seria usado em roubo de caixas eletrônicos e ataques a carro forte.

Carlos Eduardo Pereira de Sousa e Simone Helena Caminhada foram detidos e levados para o DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) em São Paulo que investigava a ação deles na noite desta quinta-feira. A dupla já tem passagens pela polícia por roubo e associação criminosa.

Com eles foram apreendidos 70 quilos de explosivo, distribuídos em 70 bisnagas, além de detonadores e uma picape onde as bananas de explosivos foram encontradas. A suspeita é que o material apreendido seria usado para explodir caixas eletrônicos, empresas de valores e até ataques a carros-forte.

Ainda segundo a polícia, o material apreendido seria suficiente para explodir mais de 400 caixas. Os dois foram abordados ontem, por volta das 20h. Os policiais chegaram aos presos após uma investigação que durou dois meses.

Em 19 de julho policiais prenderam um homem com explosivos, detonadores, fuzis e munições em São Bernando do Campo. O material estava dentro de um carro de luxo. A polícia afirmou que o material seria usado para explodir caixas eletrônicos de uma agência bancária da cidade.

"Pudemos identificar que é a mesma empresa fabricante desse explosivo apreendido hoje é a empresa que fabricou o explosivo que a gente apreendeu também na primeira ação. Também estamos investigando como esse explosivo foi desviado dessa empresa, ou então se ele saiu legitimamente e o desvio se deu posteriormente, no meio do caminho", afirmou o delegado do DEIC, Fabiano Barbeiro.

Durante a operação duas outras pessoas que faziam parte da quadrilha conseguiram fugir.

Mais do ACidade ON