Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Agressor de namorada grávida é preso pela polícia no Paraguai

Jovem de 18 anos estava grávida de sete meses e perdeu o bebê; suspeito foi preso na manhã deste sábado

| ACidadeON Campinas

O suspeito Cleber Thomaz era considerado foragido da Justiça (Foto: Arquivo pessoal) 

A Polícia do Paraguai prendeu, no final da manhã deste sábado (30), Cleber Kruger Thomaz. Ele estava foragido desde o dia 5 deste mês e é acusado de agredir a namorada de 18 anos, que acabou perdendo um bebê de sete meses.  
 
LEIA MAIS 
Grávida de 7 meses perde o bebê após ser agredida
Agressor de namorada grávida já teria batido em outra mulher por 5 horas 

O caso contra a jovem grávida de sete meses ocorreu no dia 1º, e segundo o Hospital Estadual de Sumaré, onde a jovem foi internada, a vítima sofreu fratura nos dois braços, na face e um traumatismo craniano leve, além de perder o bebê.

A prisão ocorreu às 10h, em uma rua no Centro de São Alberto, na região Oeste do Paraguai, a cerca de 90 quilômetros de Foz do Iguaçu, no Paraná.

Os policiais de Hortolândia já foram acionados e enviaram o mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele deve ficar preso no outro país durante o final de semana e ser extraditado depois. 

A jovem de 18 anos estava grávida de sete meses
VERSÕES

A primeira versão da vítima é que ela tinha sofrido agressões de várias garotas - uma delas seria ex-namorada do atual namorado da vítima. Elas teriam utilizado barras de ferro e pedaços de madeira.

No entanto, nesta terça, ela mudou a versão do relato. Ela assumiu que foi espancada e ameaçada pelo namorado. A mãe da vítima já suspeitava que ele havia cometido o crime contra a filha.

MAIS AGRESSÕES E ESTUPRO

A delegacia responsável pelo caso, em Hortolândia, confirmou à EPTV Campinas que existem pelo menos quatro boletins de ocorrência que foram registrados pelas ex-namoradas do agressor.

Todos foram registrados por agressão física. Um deles, inclusive, é do ano passado. Existe ainda um outro boletim de ocorrência, de 2017, pelo crime de estupro. 

Jovem de 18 perdeu o bebê após ser agredida em Sumaré

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso. Para mais informações, consulte nosso TERMO DE USO"

Facebook

Mais do ACidade ON