Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Operação contra tráfico tem ações em Campinas

O principal alvo da operação é um empresário do interior de São Paulo que comandava o envio de cocaína da Bolívia

| ACidadeON Campinas

Ação é comandada pela Polícia Federal de São Paulo. Foto: Denny Cesare/Código 19

A Polícia Federal de São Paulo faz hoje (4) uma operação de combate ao tráfico internacional de drogas. Ao todo, foram expedidos 46 mandados judiciais, sendo 13 de prisão e 33 de busca e apreensão em seis estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso e Minas Gerais. Dois deles são em Campinas.

O principal alvo da operação é um empresário do interior de São Paulo que comandava o envio de cocaína da Bolívia, por avião, para o Brasil e depois fazia a distribuição da droga por meio de fazendas no Mato Grosso do Sul e São Paulo. A droga chegava ao porto de Santos, a partir de onde era remetida para a Europa. Logo cedo, quatro aviões foram sido apreendidos e 9 pessoas, presas.  

Na operação desta quarta, batizada de Voo Baixo, a Justiça Federal também determinou o sequestro de bens como fazendas e aviões usados pelos traficantes.  

Durante a investigação, que começou em 2018, foram presas outras 11 pessoas que participavam da quadrilha. Seis grandes apreensões também foram feitas nesse período da investigação, e um avião foi interceptado pela Força Aérea na fronteira com a Bolívia em abril de 2018, contendo 480 quilos de cocaína.  

Os 46 mandados judiciais foram cumpridos pela PF nas cidades Araçatuba (4), Campinas (2), Dourado (1), Guararapes (1), Jaú (1), Pereira Barreto (3), Ribeirão Preto (1), São José do Rio Preto (8), São Paulo (1), Vargem Grande Paulista (1), Cassilândia (2), Alcinópolis (1), Coxim (3) e Três Lagoas (2), Presidente Getúlio (1) e Eunápolis (1), em 4 diferentes Estados (SP, MS, BA e SC).  

Além dos mandados judiciais, foram realizadas o sequestro de imóveis, dentre eles três fazendas. Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, com penas de 5 a 15 anos e multa e 3 a 10 anos e multa, respectivamente.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON