Aguarde...

cotidiano

Polícia identifica autor de facadas em bar no Centro de Campinas

A Polícia Civil informou hoje (12) que identificou o autor da facada que matou o jovem Andrew Silva Jaroczinski, de 19 anos

| ACidadeON Campinas

 

Delegado que investiga o caso. (Foto: ACidade ON Campinas)

A Polícia Civil informou hoje (12) que identificou o autor da facada que matou o jovem Andrew Silva Jaroczinski, de 19 anos, no último domingo (10) durante uma briga que começou em um bar na região central de Campinas. Segundo o delegado responsável pela investigação do caso, Hamilton Caviola, o homem é irmão de um dos proprietários do bar Velho Casarão. Além disso, ele trabalha no local.

Ainda segundo o delegado, a briga foi causada porque um dos garçons derrubou ketchup na calça de um cliente. Ele afirmou que nessa primeira briga a vítima não estava, mas que acabou envolvido na segunda.

A polícia chegou até o suspeito após ouvir um dos proprietários do bar que foi acompanhado por advogados ao 1º Distrito Policial, no Botafogo, na tarde de hoje. Um segundo sócio e irmão do suspeito das facadas será ouvido nesta quinta-feira às 10h. A polícia ainda não marcou o interrogatório do suspeito das facadas, uma fatal feriu Andrew e outras duas, atingiu outra vítima que foi ouvida hoje cedo na delegacia.

"Foi uma banalidade, e por causa dessa besteira, de derramar o ketchup, que foi um acidente de trabalho. Essa briga foi em um primeiro momento. Já, a facada no Andrew, acontece depois, na continuação da briga. Segundo o proprietário, o suspeito agiu porque viu o irmão apanhando, mas daí ele vai explicar no momento certo. Amanhã vou ouvir o Márcio que é irmão do suspeito que deu a facada", afirmou o delegado.   
 
LEIA TAMBÉM 
Câmera flagra agressão a jovem no Centro de Campinas 
Bar onde jovem estava antes de ser morto é pichado: "assassinos" 
Grupo invade e destrói bar Velho Casarão no Centro
 

"Hoje foi muito esclarecedor, ele colaborou totalmente com os fatos. Ele participou dessa briga, mas não foi ele quem esfaqueou a vítima. Mas ele indicou e nos auxiliou a saber quem deu essa facada. Então já está identificado. Vamos tentar, de alguma maneira, encontrar essa faca, não vai ser fácil, por uma circunstância que já passou. Mas o mais importante é isso, nos já temos o autor dessa facada identificado. Ele vai ser ouvido, nos vamos marcar uma data", explicou Caviola.   
 
O delegado afirmou também que nas imagens da câmera de segurança que está com a investigação está bem claro o momento da facada. "Tem bem o momento da facada. Foram três, uma no Andrew fatal e duas em uma outra pessoa, que foi ouvida hoje de manhã. Isso está bem explicado e bem encaminhado. Ainda temos que ouvir mais pessoas e dependemos também de vários laudos policiais". 
 
O delegado não afirmou se vai pedir a prisão preventiva do suspeito após seu depoimento.


  
O CASO 

Andrew Silva Jaroczinski, de 19 anos, estava no bar Velho Casarão quando a confusão começou no final da noite de sábado. Ele se envolveu na briga e depois foi perseguido por diversas pessoas, derrubado e agredido na Rua José Paulino.

Além de Andrew, outros dois jovens de 20 e 23 anos também foram feridos. Eles tiveram alta no domingo. A vítima chegou a ser socorrida ao Hospital Municipal Mário Gatti, no domingo de madrugada, mas não resistiu aos ferimentos.

Ele foi enterrado às 9h30 da terça-feira no cemitério Parque dos Indaiás, em Indaiatuba. 




Mais do ACidade ON