Publicidade

cotidiano

Polícia prende pastor que mantinha ONG com maus-tratos a animais

A ONG fica no bairro Jardim Rossin, na região do distrito do Campo Grande, em Campinas

| ACidadeON Campinas -

Cachorros foram resgatados pela Polícia Civil (Foto: Divulgação) 

Policiais civis do 11º DP (Distrito Policial) de Campinas fecharam, na tarde desta quinta-feira (17) uma falsa ONG (Organização Não Governamental) de proteção animal chefiada por um pastor evangélico no bairro Jardim Rossin, na região do distrito do Campo Grande. 
 
LEIA MAIS 
Massagista é investigado por assédio sexual em Indaiatuba
 
Estado derruba no Supremo liminar que liberava venda de bebida após às 20h

De acordo com o delegado Sandro Jonasson, titular do 11º DP, a informação chegou através de denúncias que um pastor mantinha ONG clandestina onde animais sofriam maus-tratos.  



Na tarde de hoje foi realizada uma operação e no local foram encontrados 15 cães submetidos a maus-tratos extremos, sem alimentação e com inúmeras feridas.

O pastor foi preso em flagrante, assim como um suspeito que se identificou como o médico veterinário responsável pelo local, mas ele não tinha formação. 
 
Eles vão responder por maus-tratos a animais, contravenção de exercício ilegal da profissão e crime contra a saúde pública. Os animais serão abrigados em ONGs registradas.  


Mais notícias


Publicidade