Publicidade

cotidiano

Após briga em família, jovem mata irmã de 12 anos com tiro acidental

O jovem alegou que brigou com o pai, pegou a arma e acertou a irmã de forma acidental

| ACidadeON Campinas -

Menina chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu e morreu 

Uma garota de 12 anos foi morta pelo irmão com um tiro no coração, na madrugada desta sexta-feira (25), no bairro Cidade Nova, em Santa Bárbara d'Oeste. O autor, um jovem de 18 anos, alegou que o disparo foi acidental. 
 
LEIA MAIS 
Bombeiros resgatam jacaré em condomínio de Paulínia
 
Emdec bloqueia via no Centro de Campinas neste sábado

A GM (Guarda Municipal) foi acionada após a garota dar entrada no Hospital Municipal Doutor Afonso Ramos baleada. Ao chegar a cena do crime, a mãe da menina informou que houve um tumulto na casa e ela não saberia informar a motivação do crime, nem quem seria o autor do disparo.

O pai da menina, um homem de 35 anos, e o irmão dela, um jovem de 18, também foram ao hospital com as mãos machucadas e o filho com escoriações no rosto.

O jovem, então, contou que teria sido agredido por seu pai e pegou a arma no porta malas do carro para se defender. Ele fez um disparo que acidentalmente acertou o coração de sua irmã.

A mãe da vítima assumiu a propriedade da arma não sabendo informar quem a teria retirado da residência logo após o disparo.

O jovem foi indiciado por homicídio culposo e a mãe pela posse da arma. A Polícia Civil arbitrou uma fiança no valor de R$ 5 mil para cada um deles sendo pago pelo pai da vítima e ambas as partes foram liberadas.

Mais notícias


Publicidade