ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Foto de bebê em caixa de papelão no PS gera indignação

Segundo o hospital, a ação ocorreu porque a criança estava com a oxigenação limitada e, por isso, foi a caixa montada pela equipe médica

| ACidadeON/Campinas

Imagem viralizou na internet. (Foto: Divulgação)

A foto de uma bebê colocada dentro de uma "UTI" improvisada com papelão dentro do Pronto Socorro Afonso Ramos, em Santa Bárbara d´Oeste, chamou a atenção de centenas de pessoas nas redes sociais nesta semana. Muita gente criticou a cena, porém foi graças à medida que a menina está bem. 

Segundo o hospital, a ação ocorreu porque a criança estava com a oxigenação limitada e, por isso, foi montado pela equipe médica, um sistema de tenda de oxigênio para suprir a necessidade e assim permitir a sobrevida da criança até que uma vaga no hospital de referência fosse liberada.

A bebê, que foi diagnosticada com bronquiolite, foi transferida para UTI do Hospital Estadual de Sumaré onde está com o quadro estabilizado.
Por se tratar de um Pronto Socorro, a unidade não possui UTI Neonatal. Quando há necessidade de UTI Neonatal a vaga é solicitada junto a CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde) do Estado. Segundo a Prefeitura da cidade, como no PS o hospital não há UTI, o atendimento de urgência e emergência foi devidamente prestado.

"A enfermeira viu como ela estava tendo dificuldade para respirar e teve a ideia de fazer algo como uma tenda e improvisaram uma caixa com o oxigênio. E ela começou reagir e salvou a criança. Se não fosse isso, ela não sobreviveria", afirmou a mãe da menina Alice Emanuelle de 50 dias, Ariany Duarte da Fonseca.

A foto viralizou após uma prima de Ariany ter publicado a foto nas redes sociais. "A gente ficou indignada porque a tendinha não é cara e o aparelho para colocar o oxigênio também não é alto o valor. Então acho que as autoridades de Santa Bárbara tem que tomar providências para que isso não aconteça com outras famílias", afirmou Vanilda Tiyoko.

Veja também