Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Palhaços fazem a festa de crianças internadas em hospital

O grupo fez performances interativas musicais com as crianças

| ACidadeON Campinas

 

Crianças participam de brincadeiras em hospital. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crianças internadas na ala de pediatria e pronto socorro infantil do Hospital Mário Gatti, em Campinas, tiveram visitas especiais ao longo dessa semana. Os Palhacinfônicos, banda de palhaços da ONG Hospitalhaços, foram a unidade de saúde para alegrar os pequenos no local.  

O grupo fez performances interativas musicais com as crianças. Durante três horas, os palhaços Lucigrama, Picolé, Esparadrapo e Soneto divertiram os pacientes da pediatria, pronto socorro infantil e ambulatório. Ao lado das crianças, pais e funcionários assistiram truques de mágica, ouviram piadas, poemas e fizeram coro para músicas conhecidas.   
 
LEIA TAMBÉM 
Dengue cresce em 2018 e vírus que não circula há sete anos preocupa
Feriado religioso tem missas e procissões em Campinas
Feriado de sol, céu azul e calor em Campinas
Lagoa do Taquaral terá atrações e sorvete gratuitos
Não vai viajar? confira o que abre e fecha em Campinas no feriado
Dia das Crianças será repleto de atividades em Campinas


A coordenadora de Humanização da Rede Mário Gatti, Lucimeire Graziela Martini, disse que o objetivo era atenuar o momento difícil pelo qual as famílias estão passando e levar alegria para o ambiente hospitalar, fazendo da criança o protagonista da atividade. "Nós sabemos que tanto crianças como adultos sentem a tensão do ambiente hospitalar. A criança vai levar injeção, passar por procedimentos que não deseja, então quando o palhaço chega, ele vem trazendo a alegria. A gente tira um sorriso, transforma esse momento de estresse em espaço para a descontração", afirmou.  

Lucila Fernanda Pereira de Barros, mãe da Nataly Cristina, de 10 anos, que está internada há sete dias, gostou da visita dos palhaços e comentou que a ação dos Palhacinfônicos é boa e traz distração para as crianças. "Anima, é um ambiente cansativo e cansa mais o psicológico, então eles mexem com o psicológico com o sorriso, resolve para as crianças e para o adulto também", afirmou.  

Antonio Carlos Gomes encarna o palhaço Picolé há 17 anos e avaliou a visita como bastante positiva. "Eu achei ótima, já fiz diversas ações deste tipo e para mim todas são ótimas. Quando o grupo se propõe a levar o lúdico para dentro do hospital, e brinca com muita alegria transformando a dor, só posso achar que vale a pena", afirma.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON