Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Servidores da Câmara decretam estado de greve

A estagnação dos projetos do vale-refeição de comissionados e redução de horas para os servidores concursados definiu o estado de greve

| ACidadeON Campinas

Servidores em protesto na Câmara de Campinas. (Foto: Thiago Rovêdo)  
O Sinpfol (Sindicato dos Funcionários do Poder Legislativo de Campinas) decretou estado de greve na tarde desta segunda-feira (22). A ação foi decidida durante a assembleia dos servidores. Cerca de 250 pessoas participaram da reunião.

O motivo para o estado de greve são os projetos do vale-refeição de comissionados e redução de horas para os servidores concursados. Entre os apontamentos da assembleia, no começo haverá redução de jornada, previamente informada. Até mesmo as sessões ordinárias correm risco de não ocorrer.  

O edital informando a Casa ainda será publicado em jornal, conforme determina a lei. Os vereadores que fazem parte da Constileg (Comissão de Constituição e Legalidade) estão divididos em relação aos projetos (LEIA MAIS AQUI).

A Procuradoria da Câmara já emitiu um parecer declarando que ambos os projetos são constitucionais e não há ilegalidades. O documento foi finalizado no começo de abril e agora será analisado pela Constileg (LEIA MAIS AQUI).

A Constileg é formada por Luiz Cirilo (PSDB), presidente, e pelos membros Zé Carlos (PSB), Permínio Monteiro (PV), Carlão (PT), Carmo Luiz (PSC), Vinicius Gratti (PSB) e Carmo Luiz (PSC).

Caso a comissão aprove, os projetos vão para votação. Caso ele não passe será arquivado.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON