Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Falta de uniformes afeta servidores do Samu de Campinas

Os servidores estão com problemas nas roupas, como tecido se desfazendo; alguns estão trabalhando de tênis, porque não têm mais botas

| ACidadeON Campinas

Uniformes do Samu estão com três anos de idade (Foto: Divulgação/PMC) 

Os servidores públicos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estão trabalhando com o mesmo uniforme há cerca de três anos. Tradicionalmente, o vestuário é atualizado todo ano, mas isso não vem ocorrendo. A Rede Mário Gatti prometeu resolver o problema em breve.

De acordo com o apurado pela reportagem, alguns macacões estão com os tecidos se desfazendo, as faixas refletoras estão cada vez mais desgastadas. Alguns servidores estão trabalhando de tênis, porque não têm mais botas.

A Rede Mário Gatti, por meio de nota, informou que está finalizando uma licitação para compra de novos uniformes aos funcionários.  
 
Além de ajudar na identificação do profissional e com isso facilitar o atendimento, os uniformes servem de proteção individual para esses profissionais que atuam no atendimento de emergência.

DIVERGÊNCIA

Outro problema denunciado é a falta de rádio HT (rádio comunicador portátil) desde novembro do ano passado. Apenas o rádio das viaturas funcionam. Caso o profissional esteja em atendimento, no interior da casa do paciente, por exemplo, e precisar falar com um médico regulador, ele é obrigado a retornar à viatura para conseguir contato com o médico ou usar o próprio celular. O que reduz a agilidade da operação.

A Rede nega a informação e disse que ela não procede. Em nota, informou que os rádios de mão, que dispensam a necessidade da equipe voltar ao carro para atender uma chamada, estão funcionando normalmente.

GASTOS

Recentemente o ACidade ON revelou que a reforma em uma casa para onde foi transferida a sede da presidência do Hospital Municipal Doutor Mário Gatti custou R$ 830,5 mil aos cofres públicos

LEIA TAMBÉM  
MP investiga superfaturamento no aluguel de ambulâncias
Comissão vai investigar falta de ambulâncias do Samu


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON