Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Polícia detém suspeito de matar idoso em protesto do MST

A polícia também apreendeu a caminhonete que teria sido usada no crime ocorrido na manhã desta quinta-feira

| ACidadeON Campinas

Caminhonete de suspeito foi apreendida pela Polícia (Foto: EPTV)  
A Polícia Civil de Valinhos deteve no fim da tarde desta quinta-feira (18) um suspeito de 64 anos de ter atropelado e matado um idoso que protestava com um grupo do MST (Movimento Sem Terra) em Valinhos. O suspeito foi identificado como Leo Luiz Ribeiro.

A polícia também apreendeu a caminhonete que teria sido usada no crime. O caso ocorreu pela manhã na Estrada do Jequitibá, perto do acampamento "Marielle Vive". O grupo estava ao lado da ocupação, fazendo uma manifestação.

A reportagem apurou que em depoimento à polícia o homem confessou o crime. Até a publicação deste texto, ele continuava na delegacia prestando esclarecimentos. A polícia chegou até a caminhonete por meio de imagens da câmera de um ônibus que estava perto da manifestação no momento do acidente.  
 
LEIA MAIS 
Idoso morto em ato do MST iria se formar em alfabetização
Caminhonete avança em grupo do MST, mata um e deixa outro ferido
Motorista avançou sobre cinegrafista em ato do MST
   
 

A vítima fatal foi o idoso Luiz Ferreira da Costa, de 72 anos. O idoso chegou a ser levado até a UPA de Valinhos, mas não resistiu e morreu na ambulância.

Segundo o MST, a manifestação ocorreu à 8h de hoje. Um grupo com cerca de 400 pessoas chegou a fechar a estrada e distribuíam mudas e folhetos (eles pediam a ligação de água para a Prefeitura para o assentamento) para quem passava no local.

A caminhonete Mitsubishi L200 preta entrou na contramão, acelerou e avançou sobre os manifestantes e depois fugiu. Um outro homem, um jornalista que trabalhava como cinegrafista para o MST, também foi atingido, mas sofreu apenas ferimentos leves.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON