Aguarde...

cotidiano

Polícia prende homem que confessou enforcar mulher

Caso havia sido registrado como homicídio simples mas agora virou feminicídio após detenção de suspeito de 22 anos

| ACidadeON Campinas

Vvítima se chama Sidmara Oliveira da Silva (Foto: Arquivo pessoal)  
Um homem de 22 anos foi detido e confessou que matou a mulher de 25 anos encontrada nesta quarta-feira (7) no bairro Santa Rita I, em Nova Odessa. O caso havia sido registrado como homicídio simples mas agora virou feminicídio após a detenção de suspeito. O nome da vítima é Sidmara Oliveira da Silva.   

Ela e o suspeito eram namorados há dois anos e ele teria dado um mata-leão em Sidmara após uma briga do casal. À Polícia, o suspeito disse que não tinha intenção de matar a vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM foi acionada pelo dono do imóvel, que sentiu um cheiro estranho do imóvel. Pela janela, os policiais viram a vítima caída de barriga para cima no chão. Como o proprietário não tinha as chaves e a porta estava trancada, foi preciso arrombar a porta.

Uma ambulância foi chamada para prestar socorro mas a vítima já estava morta. Segundo a Polícia Civil, o dono do imóvel disse que sentiu um cheiro forte vindo da casa e foi ele quem acionou a PM.

O suspeito foi, então, procurado pela PM. Ele mora em Americana e disse que a mulher foi morta no domingo (4). Ele será indicado por feminicídio, que é o crime contra o gênero feminino. A prisão temporária do suspeito foi pedida na noite desta quarta-feira. Ele aguardará pela decisão de um juiz na cadeia pública de Santa Bárbara d'Oeste.

Mais do ACidade ON