Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Paulínia tem sete casos de sarampo, região já soma 67

A paciente da confirmação desta terça-feira (10) é uma mulher de 32 anos e que estava vacinada contra a doença

| ACidadeON Campinas

Casos de sarampo avançam na região de Campinas (Foto: Sandro Pereira/Codigo19)  
Paulínia atualizou o balanço de casos de sarampo nesta terça-feira (10) e o total na cidade subiu para sete registros desde o começo do ano. Com isso, na RMC (Região Metropolitana de Campinas) são 67 casos confirmados da doença em 2019.

Além do caso confirmado desta terça, a cidade ainda tem 19 notificações de casos suspeitos doença. A paciente da confirmação de hoje é uma mulher de 32 anos e que estava vacinada contra o sarampo. Ela morava no bairro João Aranha.

Os outros pacientes eram todos crianças. Há dois meninos vacinados de três anos, um morador do Flamboyant e o outro do Jardim Leonor. Os outros pacientes são meninas e não vacinadas. Uma de um ano moradora do Morumbi; a segunda de onze meses do Bairro Bom Retiro; a última de dez meses, moradora do Jardim América.

MAIS CASOS

Até o momento, Campinas é a cidade com mais casos: são 37. Somente na última semana, o aumento de casos correspondeu a uma alta de 40%. De acordo com o documento, 17 casos são em menores de um ano; 10 são em crianças entre 1 ano e 4 anos; 2 em crianças entre 5 e 9 anos; 1 entre 15 a 19 anos; 4 em pacientes de 20 a 34 anos; e outros 3 são em adultos na faixa etária entre 35 a 49 anos.

A REGIÃO


Campinas - 37 casos
Indaiatuba - 5 casos
Vinhedo - 7 casos
Paulínia - 7 casos
Sumaré - 3 casos
Valinhos - 2 casos
Hortolândia - 2 casos
Jaguariúna - 2 casos
Americana - 1 caso
Artur Nogueira - 1 caso

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON