cotidiano

SP antecipa para sexta-feira vacinação contra covid em idosos de 72 a 74 anos

Vacinação ocorrerá na sexta-feira (19) e foi possível após entrega de novo lote do Butantan

| ACidadeON Campinas -

Público-alvo envolve 740 mil pessoas em todo o estado (Foto: Governo do Estado de São Paulo) 

O governo estadual de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (17) a antecipação da vacinação contra a covid-19 para idosos de 72, 73 e 74 anos. Agora, a data é a próxima sexta-feira (19) e o público alvo envolve 740 mil pessoas em todo o estado. Para ser vacinado é preciso fazer um pré-cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br, e depois, um agendamento pela Prefeitura de Campinas.

A data anterior era o dia 22 de março, mas ela foi adiantada após a entrega de um novo lote de imunizantes do Butantan. Na segunda-feira (15) foram liberadas 3,3 milhões de vacinas, totalizando mais de 5 milhões de doses entregues apenas nesta semana.

Com o novo carregamento, o total de vacinas disponibilizadas pelo Butantan ao PNI (Plano Nacional de Imunização) chega a 22,6 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro.

Até o final de abril, o número de vacinas do Butantan para o Ministério da Saúde somará 46 milhões. O Instituto ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades.  

Nasegunda-feira (15), o Governo do Estado também anunciou, para ainda no mês de março, dia 29, o início da vacinação para pessoas de 70 e 71 anos, computando um total de 4,9 milhões de pessoas com vacinação garantida, somando todos os públicos já anunciados.

VACINAÇÃO

Até o momento, São Paulo aplicou 4,1 milhões de doses de vacina contra o coronavírus. Ontem (16), Campinas ultrapassou a marca de 100 mil pessoas vacinadas contra a covid-19. De acordo com a Secretaria da Saúde da cidade, 102.709 pessoas já receberam a primeira dose e outras 39.633 já foram imunizadas, inclusive, com a segunda dose.

A campanha municipal de vacinação contra a covid-19 começou no dia 21 de janeiro em Campinas e segue em andamento com a aplicação de doses das vacinas Coronavac e a de Oxford, da Fiocruz. 


Mais notícias


Publicidade