cotidiano

Campinas abre agendamento para vacinação contra covid de maiores de 70 anos

Agenda é aberta nesta quarta-feira (17) após envio de novas doses de vacina contra a covid-19; veja como fazer

| ACidadeON Campinas -

Agendamento para vacinação é obrigatório em Campinas (Foto: Karen Fontes/Código19) 

A Prefeitura de Campinas reabriu nesta quarta-feira (17), a partir as 17 horas, o agendamento para vacinação contra a covid-19 com vagas para pessoas com 70 anos ou mais. A agenda foi reaberta após envio de novas doses pelo Governo do Estado. A Prefeitura não informou a quantidade de doses recebidas.

O agendamento, obrigatório, deve ser feito no site https://vacina.campinas.sp.gov.br/ ou pelo telefone 160, para aquelas pessoas sem acesso à Internet. Só serão atendidas pessoas que estiverem agendadas. De acordo com a Administração, é importante que a pessoa compareça ao local em que marcou para tomar a dose da vacina com antecedência de 10 minutos, para evitar aglomerações.

Para pessoas com dificuldade de locomoção e necessidade de atendimento no carro é preciso fazer o agendamento prévio na opção no sistema do site ou pelo 160.
 
LOCAIS DE VACINAÇÃO 

- CVI (Centro de Vivência do Idoso), na Lagoa do Taquaral

- Escola CAIC "Zeferino Vaz", na Vila União

- Clube Círculo Militar de Campinas, no Jardim Chapadão

- Casa da Criança Paralítica, no Parque Itália

- Centro de Imunização Noroeste (antigo prédio da NAED Noroeste), na Vila Castelo Branco.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS


Quem agendar a vacina deverá apresentar no momento da imunização o comprovante de residência no município, preferencialmente no próprio nome ou do cônjuge, e documento de identificação com foto.

Os Centros de Imunização funcionarão das 8h às 20h de segundas a sextas-feiras e das 8h às 18h aos sábados e domingos.

ATÉ O MOMENTO


Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, levantamento até 9h desta quarta-feira mostra que já foram aplicadas 143.399 doses da vacina conta o coronavírus em Campinas: 103.499 pessoas receberam a primeira dose e 39.900 já foram imunizadas também com a segunda dose.

Mais notícias


Publicidade