cotidiano

Com vacinação, Campinas tem queda em mortes de idosos com mais de 85 anos

Imunização tem começado a mostrar resultados, com redução na proporção de óbitos

| ACidadeON Campinas -

Imunização de idosos já tem diminuído mortes em Campinas (Foto: Karen Fontes/Código19)
A vacinação contra a covid-19 já começou a mostrar resultados positivos em Campinas, com queda na proporção de mortes na população idosa.

Um levantamento divulgado ontem (6) pela Secretaria de Saúde aponta que do total de mortes pela covid-19 no ano passado, 60% foram em pessoas acima de 85 anos. Neste ano, o percentual caiu para de 12,3%.

A vacinação para idosos acima de 90 anos começou no dia 4 de fevereiro em Campinas. Já para o grupo de 85 a 89 anos, a imunização foi iniciada em 11 de fevereiro.

"Teve uma queda bastante impactante, mostrando que a vacina tem funcionado", disse a diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), Andrea Von Zuben. Segundo Andrea, apesar do total de mortes em março ter sido maior (sendo que março foi o pior mês da pandemia), a comparação é possível, sendo que a Vigilância analisa a proporção das vítimas fatais. 

Ainda que a proporção tenha caído, Andrea atenta para o fato de que houve mortes de idosos com mais de 85 anos que, em tese, estariam imunizados. Segundo a diretora, a grande maioria foi contaminada entre a primeira e segunda dose, o que alerta para a prevenção até a imunidade total.

"A maioria foi infectada entre os dois períodos. Isso mostra que há um risco de ficar doente antes da imunidade completa", disse ela.

Segundo a prefeitura, todos os moradores desta faixa etária foram imunizados e a cidade também aplicou doses em moradores de outras cidades. O percentual de vacinação em relação ao público alvo foi de 120% de 85 a 89 anos e de 129% para mais de 90 anos. Ao todo, foram 11,5 mil pessoas vacinadas. 

ANDAMENTO  

Atualmente, são vacinados em Campinas idosos com 68 ou mais, e profissionais de saúde, que foram o primeiro grupo beneficiado. Na segunda-feira (5), a cidade começou também a vacinar agentes de segurança, novo público-alvo incluído pelo governo estadual. 

Saiba tudo sobre a vacinação contra a covid-19 em Campinas aqui

Mais notícias


Publicidade