Aguarde...

Vacinas

Viracopos, em Campinas, recebe mais três lotes da Pfizer nesta semana

Ao todo, serão 2,4 milhões de doses de vacina na semana e primeiro lote chega hoje (15); com as entregas desta semana, serão 14 envios desde abril

| ACidadeON Campinas

Entrega da Pfizer feita no começo de junho (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, recebe nesta semana mais três entregas da vacina Pfizer/ComiRNAty contra a covid-19. As doses serão encaminhadas ao Ministério da Saúde, totalizando 2,4 milhões de doses entre os dias 15 e 17 de junho. A chegada dos novos lotes acontecerá em três dias, sendo 530 mil doses em 15 de junho, e 936 mil doses nos dias 16 e 17 de junho.

Desde o dia 29 de abril, todas as entregas do imunizante foram recebidas por Viracopos. No total, contando as entregas previstas nesta semana, a empresa disponibilizou 14 lotes da vacina contra a covid ao Brasil. A última entrega ocorreu no dia 10 de junho, quando foram enviadas 936 mil doses.

Essas entregas fazem parte do acordo firmado no dia 19 de março, que contempla a disponibilização de 100 milhões de vacinas ao país até o final do terceiro trimestre de 2021. Somadas aos lotes anteriores, mais de 10,6 milhões de doses terão sido entregues até o final dessa semana.

ENTREGAS DE JUNHO

1 de junho
936 mil doses

2 de junho
936 mil doses

3 de junho
527,670 doses

8 de junho
526.500 doses

9 de junho
936 mil doses

10 de junho
936 mil doses

15 de junho
530 mil doses

16 de junho
936 mil doses

17 de junho
936 mil doses

NOVO ACORDO

No dia 14 de maio, a Pfizer e BioNTech anunciaram um novo acordo com o Ministério da Saúde do Brasil contemplando o fornecimento de 100 milhões de doses adicionais da vacina ComiRNAty.

O fornecimento se dará no quarto trimestre de 2021. Ao longo de 2021, as companhias irão fornecer um total de
200 milhões de doses de vacina ao Brasil para apoiar o combate à pandemia. Em todo o mundo, já foram enviadas mais de 700 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech contra a COVID-19, para mais de 100 países, incluindo o Brasil.

Até o momento, a Pfizer informou que apresenta uma taxa de sucesso de 99,9% em enviar lotes da vacina ao seu destino dentro de todos os parâmetros pré-estabelecidos
. Com base nas projeções atuais, a Pfizer e a BioNTech estimam que podem fabricar até 3 bilhões de doses da vacina, no total, até o final de 2021.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON