cotidiano

Campinas lidera ranking de vacinação nas grandes cidades do Estado

Campinas é o município que mais aplicou a primeira dose entre as cidades com população com mais de 500 mil habitantes

| ACidadeON Campinas -

Campinas lidera ranking de vacinação (Foto: Denny Cesare/Código19) 

O balanço da Secretaria Estadual de Saúde mostrou que Campinas lidera, entre as cidades com população com mais de 500 mil habitantes, o número da primeira dose da vacina contra a covid-19 aplicada na população. 
 
LEIA TAMBÉM 
Saiba quem pode se vacinar contra a covid-19 em Campinas


De acordo com dados do site VacinaJá, do governo estadual, até o início da manhã desta quinta-feira (17), a metrópole havia vacinado 34% dos 1,2 milhão de moradores, o que corresponde a 412.480 doses. No ranking geral do Estado, a cidade está em 189º lugar.

Entre os grandes municípios do Estado, em seguida no ranking vem São José dos Campos, com 33,9% da população vacinada, São Paulo, com 33,5%, São Bernardo do Campo, com 30,7%, Ribeirão Preto, com 28,5%, Osasco, com 27,8%, Santo André, com 25,8%, Sorocaba, com 23,3% e Guarulhos, com 22,7%.

"A vacinação vem ocorrendo de maneira organizada, sem filas ou aglomerações e procurando dar conta do número de doses recebidas em, no máximo, uma semana. Acredito que quanto maior a velocidade da imunização e maior porcentagem de vacinados, menor risco de agravamento da pandemia no município", explica Andrea von Zuben, diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), da Secretaria de Saúde de Campinas.

NO GERAL

As três primeiras cidades no ranking de percentual de população que receberam a primeira dose são Botucatu (78,6%), Serrana (73,9%) e Turmalina (64,3%).

Campinas, quando comparada com o Estado todo, está na 189º colocação. São Paulo possui 645 municípios. Andrea adverte a população da necessidade de seguir todo protocolo de proteção.

"É necessário a colaboração de todos na prevenção. Devemos continuar usando máscara, álcool em gel e manter o distanciamento físico. As vacinas são mais efetivas em diminuir agravamento e óbitos do que em prevenir a infecção", ressaltou a diretora do Devisa.

COMO ESTÁ

No município, a vacinação contempla pessoas a partir de 50 anos, além de profissionais da Educação a partir de 18, grávidas e puérperas também a partir de 18 anos, pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais, transplantados, entre outros.

Campinas trabalha no sistema de agendamento. Desde o início da vacinação, realizou três dias D de vacinação. Com isso, mais de 72 mil pessoas foram vacinadas nas ocasiões. 


Mais notícias


Publicidade