Vacinação

OMS recomenda dose de reforço da Coronavac a pessoas com 60 anos ou mais

Recomendação de aplicação da terceira dose de qualquer vacina em indivíduos com imunidade comprometida também é válida

| Estadao Conteudo -

Coronavac (Foto: Denny Cesare/Código19)
 

Um grupo de especialistas que assessora a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomendou nesta segunda-feira (11) a aplicação de uma dose de reforço contra a covid-19 em idosos completamente imunizados com a Coronavac e em pessoas com imunidade comprometida que tomaram qualquer vacina.  

"Ao implementar esta recomendação, os países devem inicialmente ter como objetivo maximizar a cobertura de 2 doses nessas populações e, posteriormente, administrar a terceira dose, começando nos grupos de idade mais avançada", diz um comunicado do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas da OMS (Sage, na sigla em inglês).

Segundo os profissionais, é preferível que pessoas com 60 anos ou mais que receberam duas doses da Coronavac tomem a terceira dose do próprio imunizante. No entanto, os especialistas ponderam que, ao se levar em conta a disponibilidade das vacinas, o uso na dose de reforço de um imunizante diferente do aplicado nas duas primeiras doses pode ser considerado.

O Sage também recomendou a aplicação da terceira dose de qualquer vacina em indivíduos com imunidade comprometida. Esse grupo populacional, segundo a OMS, tem uma resposta imune mais baixa aos imunizantes e, portanto, corre mais riscos ao contrair o coronavírus.  

Além da Coronavac, que é produzida no Brasil pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, a recomendação também vale para imunizantes fabricados pela Sinopharm.   

EM CAMPINAS  

Em Campinas, a secretaria de Saúde municipal tem mais 15.554 vagas para a aplicação das vacinas contra a covid-19. O total foi divulgado na noite de segunda-feira (11) e o agendamento continua aberto hoje (12) (veja abaixo como fazer).

O número inclui 12.488 imunizantes para primeira dose e 3.066 para a vacina de reforço (3ª dose). Destas, 481 são para profissionais de saúde e 2.585 para os idosos acima dos 60 anos e imunossuprimidos.

 COMO MARCAR

As vacinas são aplicadas apenas com dia e hora marcados. Os profissionais de saúde poderão fazer o agendamento para os CSs Capivari, Conceição, São Cristóvão, Figueira, Pedro de Aquino, Rosália, São José, Joaquim Egídio, Sousas, Taquaral e Boa Vista.

Os demais grupos são vacinados em 64 dos 67 centros de saúde do município também com dia e horário marcados. Apenas os CSs Boa Esperança, Carlos Gomes e Campina Grande não realizam a aplicação das vacinas.

A escolha do local, dia e horário pode ser feita no site ou pelo telefone 160. Pessoas que tiverem dificuldades por estes canais devem procurar o Centro de Saúde mais próximo. (Com informações da Agência Brasil)


Mais notícias


Publicidade