cotidiano

Campinas inicia hoje 4ª dose em idosos com mais de 80 anos

Vacinação em população mais vulnerável deve ocorrer em todo o estado de São Paulo

| ACidadeON Campinas -

Vacinação em idosos contra a covid (Foto: Luciano Claudino/Código19)
 

Começa nesta segunda-feira (21) a aplicação da quarta dose da vacina contra a covid-19 em idosos com mais de 80 anos, em Campinas. O calendário foi anunciado na última semana pelo governo estadual de São Paulo.

Em Campinas, a confirmação do início da vacinação para essa faixa etária mais vulnerável foi feita na sexta-feira (18), durante live que desobrigou o uso de máscaras em ambientes fechados na cidade, porém com ressalvas (leia mais aqui). 

A quarta dose, ou também chamada de segunda dose de reforço, deve ocorrer em todas as unidades de saúde de Campinas. Na cidade, 
há 26.800 pessoas aptas a tomarem a segunda dose adicional. 

O intervalo entre a primeira dose adicional e a segunda deve ser de quatro meses, ou 122 dias. Não há necessidade de agendamento.

Até hoje, a chamada quarta dose, ou segunda dose de reforço, só é aplicada em pessoas - incluindo adolescentes - com imunossupressão. Ou seja, os grupos com problemas no sistema imunológico.  

"Embora ainda não tenhamos recebido a nota técnica do governo estadual (a respeito do início da campanha), Campinas tem vacina suficiente para começar essa vacinação", disse a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), Andrea von Zuben.

Até o dia 31 de março, há 64 unidades de saúde disponíveis para fazer a vacina sem agendamento. A relação das unidades e horários de atendimento está disponível no link.

LEIA TAMBÉM: Veja onde o uso de máscara é obrigatório em Campinas

ANÚNCIO EM SP

A imunização com a quarta dose de reforço no estado de São Paulo na população com mais de 80 anos foi informada na quarta-feira (16) pelo governo do estado de São Paulo.

No dia, a secretária estadual do Programa de Imunização, Regiane de Paula afirmou que o calendário desta nova fase de aplicação do imunizante começaria no dia 21 de março para população mais vulnerável.

"Nossa campanha de vacinação desde o início foi feita com a população de 90, 80 anos. Vacinamos, fizemos a aplicação até a terceira dose, e agora aqueles que estão elegíveis podem iniciar a 4ª dose", disse.

COMO VAI FUNCIONAR

Segundo o governo paulista, no estado estão aptos a se vacinarem com a quarta dose 900 mil pessoas.
Poderão tomar a quarta dose os idosos que tenham recebido a terceira dose há pelo menos quatro meses.

De acordo com o governo estadual, será aplicado para a imunização qualquer um dos imunizantes disponíveis nos postos de vacinação. Ou seja, um dos quatro com aplicação aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária: CoronaVac, Pfizer, AstraZeneca ou Janssen.

Publicidade