Aguarde...

ACidadeON Campinas

docon

ARTIGO: Ambientes de trabalho

São Paulo foi eleita a pior cidade para se trabalhar por ranking global

| Especial para ACidade ON

Lucas Malavasi é advogado da Claudio Zalaf Advogados Associados, especializado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (FDC) (Foto: Divulgação) 

Apareceu o estudo 2019 WorkLife Balance Index, realizado pela empresa norte-americana Kisi, Helsinque, na Finlândia, é a cidade com melhor qualidade de vida no trabalho do planeta.  

O material considera três grandes grupos de fatores, quais sejam, (i) intensidade de trabalho, (ii) sociedade e instituições, e (iii) condições de habitação da cidade, e também leva em conta o número de horas trabalhadas, feriados existentes, desemprego, férias, licença-maternidade e paternidade, índice de desenvolvimento humano (IDH), saúde pública, equidade de gênero, diversidade e meio ambiente.

São Paulo foi a única cidade brasileira avaliada e ficou na 30ª colocação.

Por aqui, embora oficialmente o governo negue estudos a respeito, acabar ou reduzir a multa de 40% sobre o saldo do FGTS em caso de demissão sem justa causa parece algo certo em nosso horizonte.

A pauta do Congresso (que ainda tem a reforma tributária para enfrentar) e o STF parecem ser os dois grandes feios da ideia

Vale lembrar que o tema é complicado, pois mexe com direito do trabalhador assegurado pela Constituição Federal (inciso 1.º do artigo 7.º) e deve ser tratado através de projeto de lei complementar (PLC).

Trocando um pouco de assunto, o Senado aprovou nesta quarta-feira (21) a medida provisória conhecida como MP da liberdade econômica. O texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e seguirá para o presidente Jair Bolsonaro decidir se sanciona, veta parcialmente ou veta a íntegra da proposta.

Por fim e ainda dentro do cenário econômico doméstico, a Nestlé anunciou investimento de R$ 1 bilhão em São Paulo, cujo propósito é ampliar a capacidade de produção de chocolates e nutrição infantil. As fábricas atingidas pelo valor serão as de Caçapava e Araçatuba.  

Lucas C. Malavasi é pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, e especializado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (FDC). Atua em Claudio Zalaf Advogados Associados desde 2009; sócio desde 2015. Em 2019, assumiu a Gerência Geral do escritório. É membro do Conselho de Ética e Disciplina da OAB de Limeira e Assessor da 17ª Turma do Tribunal de Ética e Disciplina OAB/SP

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON