Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Vendas pela internet na região de Campinas sobem 12%

A região de Campinas está em segundo lugar no Estado no que diz respeito à venda pela internet, com um faturamento de R$ 414,8 milhões

| ACidadeON Campinas

E-commerce também é estimulado pelos smartphone. Foto: Código 19
A região de Campinas registrou aumento de 12% nas vendas pelo e-commerce no primeiro trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018. Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico elaborada pelo SindiVarejista em parceria com a FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo).

Assim como no ano passado, a região de Campinas está em segundo lugar no Estado no que diz respeito à venda pela internet, com um faturamento de R$ 414,8 milhões, ficando atrás somente da Capital: R$ 1,6 bilhão.

Apesar do bom desempenho, a região de Campinas não é a que vende proporcionalmente mais pelo e-commerce em relação ao faturamento total no varejo. A fatia de mercado corresponde a 2,7% em relação às vendas totais no período. Outras regiões como Araçatuba, Presidente Prudente e o Litoral paulista detém 3,1%, 3,5% e 3,4% das vendas pela internet, respectivamente.

A região de Campinas também está atrás de outras áreas no que diz respeito ao crescimento no trimestre. A região de Araçatuba cresceu 33% e Marília, 28%. O tíquete médio das compras na região de Campinas ficou em R$ 392,66. A média do estado chegou a R$ 367,30.

O e-commerce retomou de forma mais robusta o crescimento no começo deste ano se comparado a outros segmentos da economia. "Esse crescimento se deve à melhora nas condições macroeconômicas, mas também à mudança de comportamento do consumidor, usando celulares para consultar e comprar produtos duráveis, semiduráveis e não duráveis no comércio eletrônico", afirmou a presidente do SindiVarejista, Sanae Murayama Saito.

Algumas dicas de como ter mais segurança ao fazer compras na internet: 

- Escolha sites confiáveis: Faça compras em lojas virtuais de confiança. Dê preferência a lojas que têm popularidade entre o público e faça busca sobre ela em sites do tipo: Reclame Aqui. 

- Veja se o site disponibiliza canais de atendimento: Um dado importante para verificar se uma loja virtual é confiável é a disposição de canais de atendimento ao cliente (SAC) e se ele funciona. 

- Desconfie de preços muito baixos: Assim como acontece nas lojas físicas, em geral os produtos mantêm uma média de preço nas lojas online. Se você se deparou com uma oferta que foge muito do padrão, desconfie. 

- Não revele a senha do cartão de crédito: As lojas virtuais não pedem a senha do cartão de crédito. Por isso, não forneça esse tipo de informação. 

- Não utilize computadores públicos para fazer compra pela internet 
 
ESTIMULAR O CONSUMO

As empresas de comércio, serviços e turismo podem participar da "Semana do Brasil" para estimular o consumo entre os dias 6 e 15 de setembro, mês carente de uma data importante do ponto de vista econômico. O objetivo de aquecer a economia por meio do apelo promocional em um mês onde não há nenhuma data comemorativa.

A iniciativa que procura transformar o período semelhante à Black Friday, evento conhecido por oferecer produtos com descontos atrativos aos consumidores, pode "despertar" o faturamento do comércio varejista no mês.  
 

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON