Aguarde...

Economia

Azul compra empresa regional TwoFlex por R$ 123 milhões

Empresa campineira amplia rotas regionais e cria ponte-aérea "alternativa" de São Paulo para o Rio

| Folhapress

Aeroporto de Viracopos é o hub da Azul (Foto: Divulgação) 

A Azul anunciou nesta terça-feira (14) um acordo de compra compra da concorrente TwoFlex por R$ 123 milhões. O negócio reforça a aposta na aviação regional e mira licenças adicionais da empresa.  

A Twoflex, de aviação regional, conseguiu licença para operar 14 horários diários de partidas e chegadas na pista auxiliar de Congonhas, o mais disputado do país, no fim de julho de 2019, em meio à redistribuição dos slots (horários de pouso e decolagem) da Avianca Brasil.  

Em setembro, a empresa obteve autorização para voar de Congonhas a Jacarepaguá, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A empresa faz três partidas do Rio e três de São Paulo por dia, de segunda a sexta, desde o fim de 2019.  

A TwoFlex opera atualmente voos regulares de passageiros e cargas para 39 destinos no Brasil, dos quais três são atendidos também por voos da Azul. Sua frota é composta por 17 aeronaves Cessna-Caravan próprias. O modelo é um turboélice monomotor que pode transportar até nove pessoas.  

Para a Azul, a transação é uma ofensiva dupla. Já dona da maior malha aérea do país, com cerca de 200 destinos, a empresa fecha uma porta para eventual avanço da rival Gol, que em 2019 havia feito uma parceria para vender passagens para destinos regionais por meio da TwoFlex. 

Ao mesmo tempo, a Azul amplia as opções para ligação entre as capitais paulista e fluminense.

Mais do ACidade ON