Aguarde...

Economia

Termina prazo para suspensão de cortes de energia

Com o prazo esgotado, agências poderão retomar o corte à clientes a partir de segunda

| ACidadeON Campinas

Empresas poderão voltar a fazer o corte de energia (Foto: Denny Cesare/ Código 19)

As distribuidoras de energia podem retomar os cortes de energia a partir de segunda-feira (3) em todo o território nacional, após a suspensão da proibição de cortes, que valia desde março.  

A medida, valia até ontem (31) após a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) decidir pela proibição dos cortes por falta de pagamento entre todos os consumidores, por causa da pandemia. Com o fim de semana sendo proibido para cortes, esses poderão ser retomados a partir de segunda.  

Com o prazo esgotado, apenas usuários enquadrados no programa de Tarifa Social, destinado à famílias de baixa renda terão o fornecimento mantido até o fim do ano, mesmo que não consigam efetuar o pagamento. Para esse público, a medida vale até dia 31 de dezembro.  

Segundo as regras da Anel, as concessionárias agora retomam normalmente a cobrança, e podem fazer o corte de energia para quem está com pagamentos em atraso. No entanto, é exigido que o cliente já tenha sido e seja notificado novamente sobre o atraso do débito da fatura.  

Segundo a Aneel, locais em que a epidemia esteja em níveis preocupantes, as empresas devem acertas as condutas junto com as autoridades de saúde locais.  

CPFL  

A CPFL Paulista, concessionária responsável pela maior parte da distribuição de energia da região de Campinas, informou que disponibilizou diversas formas de pagamento para clientes quitarem débitos em atraso.  

Para evitar a suspensão do fornecimento de energia, a CPFL diz em nota que traz condições de pagamento dentro dos seus canais digitais, e orienta que os clientes mantenham as contas em dia.  

Entre as novidades de pagamento apresentadas pela distribuidora, está o parcelamento por meio do cartão de crédito e boleto em até 12x, o pagamento via Auxílio Emergencial e pagamento da fatura mensal por meio de cartão de crédito.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON