Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Esportes

Trio do Vôlei Renata é convocado para Seleção Sub-21

Três jogadores da base do Vôlei Renata foram convocados para a Seleção Brasileira sub-21, que inicia a preparação para a disputa do Campeonato Mundial

| ACidadeON Campinas

 

Jogadores jogam na base do Vôlei Renata de Campinas. Foto: Divulgação/Vôlei Renata

Três jogadores da base do Vôlei Renata foram convocados para a Seleção Brasileira sub-21, que inicia a preparação para a disputa do Campeonato Mundial, marcado para julho no Bahrein. foram convocados: o líbero Bruno Bello, o levantador Paolinetti e o ponteiro/oposto Angellus. Eles se apresentam na próxima segunda-feira (15), no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).   

"É uma honra poder ceder jogadores à Seleção, ainda mais meninos tão especiais como o Bello, o Angellus e o Paolinetti. Eles estão aqui há anos, são ótimos jogadores, mas também grandes pessoas. Estamos orgulhosos pelos meninos e torcendo por eles", comentou Guilherme Muller, supervisor das categorias de base do Vôlei Renata.   

Há sete anos nas categorias de base do projeto campineiro, Bello, de 20 anos, é um dos principais talentos do vôlei brasileiro, com constantes convocações para a Seleção Brasileira e presença na Superliga Masculina. Com a camisa do Brasil, ganhou a medalha de prata no Sul-Americano sub-19, disputado em Lima, em 2016, e em 2017 fez parte do elenco que disputou o Mundial da categoria, no Bahrein. Mesmo subindo de faixa etária, Bello se manteve na Seleção Brasileira. Ano passado, fez parte do grupo que se preparou para a disputa do Sul-Americano sub-21, disputado na Argentina.   

Paolinetti e Angellus, por outro lado, possuem experiência menor em convocações. Enquanto o ponteiro foi chamado pela segunda vez, o levantador encara seu primeiro convite. Com 20 anos, Paolinetti está em sua quinta temporada na base do Vôlei Renata e está sempre junto do time adulto, especialmente nos treinamentos. Vindo de uma família ligada ao vôlei, ele chegou a ser titular em algumas partidas do Campeonato Paulista.   

Angellus também vai para o quinto ano em Campinas. No currículo, além da conquista do título do Paulista sub-19 pelo time campineiro ano passado, o jovem também coleciona participações na Superliga desta temporada. O ponteiro foi o jogador mais jovem da competição e o primeiro nascido nos anos 2000 a disputar o torneio. "Eles são jovens, ainda tem um caminho longo a percorrer, mas estão com a gente há bastante tempo. Vemos este tipo de convocação como coroação de um trabalho de desenvolvimento do projeto, pois eles passaram por todas nossas categorias, da iniciação até o adulto. Ficamos muito orgulhosos", acrescentou Muller.   

O processo de evolução dos jovens teve ainda mais força em 2018. Destaques no time sub-21 e sub-19, os jovens Renan, Dani, Matheus, Bruno Bello, Paolinetti, Angellus e Mossa subiram para elenco adulto e disputaram a Superliga Masculina. Os dois primeiros, inclusive, foram titulares durante boa parte da temporada.   

CONQUISTAS   

Em 2018, as três categorias de base do Vôlei Renata subiram no pódio da série ouro do Campeonato Paulista. A equipe sub-17 faturou o bronze no Estadual, enquanto o time sub-21 foi campeão Copa Bandeirantes, equivalente ao primeiro turno, e ficou em terceiro lugar no Paulista. O ano de conquistas foi coroado pelo título estadual da equipe sub-19.   

Ainda, com jogadores das três categorias, a base do time campineiro levou o ouro dos Jogos Abertos da Juventude, em Franca, e a prata nos Jogos Regionais, em Santa Bárbara DOeste. A base é uma das partes importantes do projeto do Vôlei Renata. Os meninos recebem acompanhamento escolar, médico, fisioterápico, nutricional, odontológico, plano de saúde, auxílio-transporte e moradia. O juvenil conquistou duas vezes o Paulista (2012 e 2013), terminou como vice em 2011 e 2017, foi campeão da Copa São Paulo (2013), além de representar Campinas três vezes nos Jogos Abertos do Interior e terminar com a medalha de prata em 2013 e 2014 e o bronze em 2016.   

Ainda, o infanto tem dois títulos da série prata do Paulista (2012 e 2013) e conquistou o torneio início em 2011, além do Estadual de 2015 e da medalha de prata em 2016. Já o infantil foi vice-campeão Paulista em 2014, medalha de prata na Copa São Paulo no mesmo ano e faturou o título da série prata do estadual em 2016. 



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook