Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Esportes

Ponte Preta vence o dérbi e se reabilita na Série B

Macaca voltou a vencer após cinco jogos; Guarani segue na zona do rebaixamento e pode até terminar rodada na lanterna

| ACidadeON Campinas

Matheus Vargas comemora gol da Ponte (Foto: Luciano Caudino/Código 19) 

A Ponte Preta venceu o Guarani por 1 a 0 na manhã deste domingo (11), em partida válida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Foi a primeira vitória em cinco jogos da Macaca na competição. A Ponte foi aos 23 pontos, em sétimo lugar, enquanto o Guarani estacionou nos 13 pontos, em 19º. O Bugre pode terminar a rodada na lanterna caso o Criciúma pontue na tarde deste domingo, contra o Sport.

A Ponte Preta volta a campo pela Série B na próxima quinta-feira (15), quando enfrenta o Figueirense às 21h30 em Florianópolis. Já o Bugre pela o Vila Nova na sexta (16), às 21h30, no Brinco de Ouro.

O JOGO

O jogo começou brigado e bastante corrido. A primeira grande chance foi do Guarani, aos 10 minutos. Deivid apareceu por trás da zaga em cruzamento de Bruno de Souza, se esticou todo mas colocou a bola para fora.

Aos 14 minutos, a torcida da Ponte finalmente comemorou. Diego Renan cobrou falta para dentro da área, Roger resvalou de cabeça e mandou para o gol, mas arbitragem apontou impedimento e anulou o gol.

A partida seguiu tensa e nem a parada técnica para aplacar o calor esfriou os nervos. Aos 28, Bruno Souza provocou e Roger deixou a mão na cara do lateral bugrino. Cartão amarelo para os dois.

O jogo seguia lá e cá. Aos 30, Vitor Feijão arriscou falta direta quase do meio-campo. O foguete passou com perigo à esquerda da meta de Ivan.

Logo na sequência saiu o gol da Ponte. Diego Renan cobrou lateral rápido, Marquinhos fez bela jogada, cortou Luiz Gustavo e rolou para Matheus Vargas. O meia chegou livre na marca do pênalti e estufou as redes.

O segundo tempo começou com mudanças nas equipes. Jorginho perdeu Edson, contundido, e colocou Washington em seu lugar. Roberto Fonseca tirou o volante Bruno Lima e colocou Bady, armador, em seu lugar.

E funcionou. O Guarani passou a frequentar mais o campo de ataque da Ponte. O Bugre chegava, mas não definia. E quem voltou a assustar de verdade foi a Macaca. Aos 15, Roger bateu cruzado e a bola passou por Klever, mas não por Lenon, que salvou.

Mas o Bugre insistia. Aos 23, Lenon cruzou, Airton cortou mal e Bady aproveitou sobra na entrada da área. Ivan se esticou todo para espalmar e evitar o empate.

Embora mais ofensivo, o Guarani não tinha tanto volume de jogo e perdia bolas fáceis no ataque. O calor forte cansou as equipes. A Ponte, então, segurou o resultado e garantiu os três pontos.

PÚBLICO E RENDA

O dérbi 194 levou 16.086 torcedores ao Moisés Lucarelli. A renda foi de R$ 161.745,00. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON