Aguarde...

Esportes

Torcedores do Bugre são detidos após confusão com GM e Setec

O problema ocorreu quando ficais da Setec foram fazer a apreensão de uma barraca que estava com a torcida organizada do Guarani

| ACidadeON Campinas

Torcedor detido pela GM perto do Brinco. Foto: Reprodução EPTV

Dois torcedores do Guarani acabaram detidos no começo da tarde deste sábado (8) em Campinas durante uma confusão envolvendo a Guarda Municipal e também fiscais da Setec (Serviços Técnicos Gerais). O problema ocorreu perto do estádio Brinco de Ouro onde logo mais haverá a partida entre o Guarani e a Ponte Preta.

O problema ocorreu quando ficais da Setec foram fazer a apreensão de uma barraca que estava com a torcida organizada do Guarani. No local os torcedores estariam comercializando camisetas, o que é proibido no local devido à partida.  
 
LEIA TAMBÉM 
Guarani e Ponte Preta entram em campo pelo 195º dérbi da história
Dérbi terá ações especiais no entorno do Brinco de Ouro
Emdec faz operação especial de trânsito para o dérbi
Gilson Kleina faz mistério para definir time titular do dérbi
Guarani treina e estuda novas formações para o dérbi
Ponte leva vantagem nos confrontos recentes do dérbi


Além dos fiscais, no local havia seis GMs que também acabaram se envolvendo na confusão. No confronto algumas pessoas ficaram feridas, inclusive o comandante da GM, Marco Frezarin, que sofreu ferimentos no pescoço.   

"Em cumprimento a um decreto onde aponta que existe um perímetro de isolamento e hoje não poderia estar aqui. Nesse perímetro estava sendo comercializado produtos, camisetas. A Setec foi fazer a apreensão baseada na legislação e nesse momento, torcedores vieram pra cima das equipes da Setec e da GM q estava no local com apenas seis agentes", afirmou o comandante. "Eles começaram a atirar pedras, rojões e pedaços de madeiras contra as equipes", continuou.   

A torcida nega que estava comercializando camisetas no local. Além dos produtos, os fiscais da Setec, apreenderam instrumentos musicais da torcida. Segundo o comandante da GM, os instrumentos serão devolvidos para os torcedores. 

Mais do ACidade ON