Aguarde...

Esportes

Eli Carlos, ex-jogador do Guarani, morre em Campinas

O sepultamento será no Cemitério do Flamboyant, em Campinas, a partir das 16h30

| ACidadeON Campinas

O ex-jogador, técnico e dirigente Eli Carlos morreu na manhã desta sexta-feira (22). (Foto: Reprodução EPTV)

O ex-jogador, técnico e dirigente Eli Carlos morreu na manhã desta sexta-feira (22) no Hospital Irmãos Penteado, de Campinas. Ele foi revelado no Guarani e teve passagens pelo Coritiba, Flamengo e Cruzeiro, entre outros clubes.

Eli era irmão do ex-meia Silas, ídolo do São Paulo e que disputou as Copas do Mundo de 1986 e 1990, e também de Paulo Pereira, ex-técnico do Guarani. Ele tinha 66 anos e estava internado no hospital desde agosto de 2018, quando sofreu uma parada cardíaca durante uma endoscopia. Ele deixa a esposa e duas filhas.  

O sepultamento será no Cemitério do Flamboyant, em Campinas, a partir das 16h30.  

Eli Carlos foi revelado no Guarani e defendeu Velo Clube e Comercial antes de se destacar no Coritiba, onde foi bicampeão paranaense em 1975 e 76 e é considerado um dos grandes nomes da história do clube até hoje. Também teve passagens de destaque por Cruzeiro e Flamengo.